Ilhado no Inferno

Maioria das salas de cinema de São Paulo,  em Shoppings Centers.  Como um deles é bem próximo de casa, você vai a pé.   Não encontra ingresso, tampouco para o filme segunda opção.  Nesse meio tempo,  desaba temporal.  E você, literalmente, preso no inferno,  impedido de ter a alegria descrita em frase minha.

“Shoppings Centers me proporcionam imensa alegria: quando saio”.

Para escrever essa notinha, gasto cerca de sete minutos.  E agora, fazer o que?

Só me resta torcer e até suplicar  para que meus ouvidos, olhos e nervos  não explodam.

2 pensou em “Ilhado no Inferno

  1. Não gosta de Spopping? Então não viaje em navio cruzeiro. Já fiz dois, para agradar minha mulher. É um shopping flutuante, cheio de obras de arte de plástico. Depois que você entrou não dá prá sair. Uma semana em alto mar, rodeado pelo nada e encarado por uma garrafa de uisque. Impossível beber cerveja, dá maresia. Fuja. Um abraço Mayr

    1. Clerson:

      Pois é, viagem de navio deveria ser coisa relaxante e deliciosa. Já foi assim. Fim da década de 60 fui de Santos até Manaus no Ana Neri. Viagem deliciosa.
      Hoje tudo se transformou em esse nada onipresente.

      Abraços

      Paulo Mayr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *