Fui Traído pela Minha Audição ou a Coisa Tá Feia Mesmo?

O economista Edmar Bacha foi eleito hoje para a Academia Brasileira de Letras.  Ao explicar no Jornal Nacional como é o procedimento para se escolher novo membro, o Presidente da Academia, Domício Proença Filho, salvo imenso golpe desses meu surrados ouvidos pela poluição sonora, disse:

– Incinera-se os votos…

O certo é incineram-se os votos.

Falei uma única vez ao vivo  em rádio e cometi  pequeno erro de concordância.  Tenho certeza de que cometi o erro por não ter prática de falar em microfone para grande público.    Mas o Presidente da Academia Brasileira de Letras…

Espero, de fato,  que meus torturados  ouvidos tenham me traído…

 

7 pensou em “Fui Traído pela Minha Audição ou a Coisa Tá Feia Mesmo?

  1. Eu não sou bom em gramática, mas para estar na academia teria que ser. A academia brasileira de letras estaria com vícios da internet?

    1. A frase em questão está correta desde que o pronome “se” seja um símbolo de indeterminação do sujeito. Em “incineram-se os votos o pronome seria uma partícula apassivadora.

      1. Aulas Grátis:

        Vc me diz isso; competente professor de criação literária me garantiu que eu estou certo e o nosso acadêmico enganou-se.

        Paulo Mayr

        1. Incinera-se votos equivalente a “alguém incinera votos”
          Incineram-se votos equivalente a “votos são incinerados”

          Sorry Paulo, voce e seu professor estão enganados.
          Aliás, sugiro concordar um professor de Concordancia verbal-Gramatica e sintaxe na Lingua Portuguesa e não um especialista em literatura.

  2. Não Mayr, não! Você ouviu certo; é que não se faz mais Imortal das Letras como antigamente. Tanto que o Bob Dylan ganhou o prêmio Nobel de… “literatura”. E tanto que torci para a Lygia Fagundes Telles, mesmo sabendo que ela não tinha a menor chance: não pelos méritos – que são imensos; mas porque nossos gênios, hoje, estão mais burros. Dylan Nobel de literatura; mas Chuchil também foi – sem nunca ter escrito livro algum. Enfim, é como se diz aqui no interior ” o que mais nasce no mundo é formiga e gente burra”. Abraço Mayr

    1. Caro Sidney.

      Como você gosta de piada, lá vai. O menino pergunta para o pai o que era lei de compensação. O pai fala:
      – Meu filho, supondo-se que sua mãe saísse por aí dando para todo mundo…
      O menino:
      – Bem, papai. Aí você seria um conrno.
      O pai:
      – Em compensação, você seria um filho da puta.

      Para compensar nosso Acadêmico, não perca, em hipótese alguma, o Filme sobre Elis Regina. Você vai ficar orgulhoso. Orgulhoso, inclusive, do diretor/roteirista que abordaram a morte dela com total elegância e discrição, sem entrar em detalhes irrelevantes. Filme muito legal mesmo. Feliz o povo que tem esses artistas que nós temos.

      Abraços

      Paulo Mayr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *