Políticos e Política – Por Clerson Sidney Barbosa*

Clerson Sidney,  com Junior Bataglini, são os leitores que mais postam comentários aqui no Trombone.  Sempre comentários muito bons/oportunos.  Esse último do Sidney decidi transformar em Post.

Lá vai:

Sócrates (o filósofo, não o jogador) ou Platão, ou sei lá quem da filosofia grega, tinha uma imagem a respeito da política e dos políticos:

“Numa tempestade, o cidadão comum busca abrigo num recanto seguro, enquanto alguns ficam na chuva discutindo. Aquele que está abrigado chama os que estão na chuva para que discutam o assunto ao abrigo, para evitarem de se molhar.    A chuva seria a política, e os que discutem seriam os políticos. No entanto, aqueles que estão na chuva se recusam a buscar abrigo; e aquele cidadão comum, se quiser apartar a discussão terá que se molhar.”

Da minha parte, há muito tempo que essa “chuva” tá me enchendo o saco; e, também, estão me enchendo àqueles que estão na chuva, surdos para aos pedidos de pacificação e bom-senso. Daqui, do panorama visto da ponte, estou me convencendo de que ninguém, nenhum político e nenhuma instituição pública é honesta. Escolhe-se o escândalo que mais lhe interessam, jogam “merda” uns nos outros;  e estou mesmo é querendo ficar longe dessa nojeira. Quando começam os noticiários,  vou assistir ao “Chaves”, sem culpa e nem dor na consciência. Só prá refrescar. E quero que todos, mas todos mesmo, se explodam.

Abraço Mayr, dias melhores virão…

Caro Clerson, além de dizer que eles – os políticos – vivem  um Recreio Sem Fim,  penso que tudo ali é um grande teatro, teatro no sentido de encenação, porque não passa de Palhaçada de Circo.  Sempre que digo isso, ressalto que não tenho saudades do regime Militar, mas que a política se transformou em Palhaça, há muito, é fato que não dá para negar.

Abraço, caro Clerson – Deus ouça você para que, realmente, dias melhores venham.

Paulo Mayr

*Quem quiser ler o texto em que o amigo Clerson postou esse comentário, clique

4 pensou em “Políticos e Política – Por Clerson Sidney Barbosa*

  1. Mayr, muito obrigado pelo elogio. Sou como a maioria das pessoas: “consigo viver feliz com um bom elogio uma semana ou quinze dias; depois preciso de um novo”. Sempre é bom; assim, em reciprocidade, jogo meus melhores confetes coloridos de carnaval neste teu blog, um oásis para refrescar um deserto de informatização. Grande abraço; muito obrigado novamente.

    1. Caro Clerson:

      Seu curto texto é mesmo muito bom. Não fiz nada além da obrigação ao dar destaque a ele.

      Bom fim de carnaval para vc!!!

      Abraços

      Paulo Mayr

  2. Só uma observação, Platão foi discípulo de Sócrates e foi Platão quem escreveu os pensamentos de Sócrates. Um ótimo texto também é ” o mito da caverna “.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *