A Real Utilidade das Novelas e dos Big Brothers da Vida…

Não sou e não gosto daqueles que, para justificar que viram uma coisa na tv, dizem:

– Estava passando em frente à televisão e vi …

Aliás, eu nem precisava explicar isso,  tantos foram os elogios que sempre fiz ao teleteatro da Globo, a mais alguns programas bons como Ronnie Von, CQC; atualmente acho excelente o Agora é Tarde, com Danilo Gentile, Ultraje a Rigor (um dia ainda escrevo sobre a “inveja” que tenho do QI de gênio do Roger), Marcelo Mansfield, Léo Lins e Murilo Couto.

Novelas (leia-se encheção de lingüiça)  e Big Brother,  esse nada absoluto,….   são “fundamentais”. Fundamentais  para muitos telespectadores, que,  como eu,   chegam tarde em casa.

Assiste-se  ao Jornal Nacional. E enquanto  dezenas de milhões,  por esse Brasil adentro/Brasil afora,   ficam extasiados com brothers/sisters e enredos-enrolados eternamente, já que termina novela, começa novela,   dá para  jantar sossegado e não perder o programa que vem após,  em geral coisa boa, como Grande Família, outro seriado e até o Globo Repórter, quando o assunto é interessante.

Salve Novela!!!  Salve Big Brothers!!!

1 pensou em “A Real Utilidade das Novelas e dos Big Brothers da Vida…

  1. O que seria do Amarelo,se todos gostassem do Azul…..Gosto não se discute e cada qual tem a cultura.que lhe foi dada ou adquirida.eu gosto um pouco do Big Bhother,mas sei que não é um programa de boa cultura.Realmente não podemos dizer:esse progama eu nunca vou assistir,pois um dia pode ser que poderemos assistir.
    +++++
    Cícero:

    Não digo dessa água nunca beberei. Entretanto, big brother pretendo nunca ter que assistir por qualquer razão que seja. Se um dia, por algum motivo, precisar assistir, fazer o que???
    Mas, por vontade própria, não creio que eu assista.
    Abraços
    Paulo Mayr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *