Visão Poliana Para Falta de Combustível…

Tava simpática minha visão otimista, citando até a mãe do Fernando Sabino,  ontem a respeito da falta de combustível, não é mesmo???  Mas o ponteirinho do marcador começa a descer, o grau de otimismo também…

Visão Poliana para falta de gasolina e bafômetro:  é até bom não ter gasolina.  Assim bebe-se em casa, ou nos botecos do bairro,  e não se corre o risco de ser dedurado pelo bafômetro.

Mesmo com gasolina jorrando das bombas,  mesmo sabendo que três chopps não incapacitam um adulto normal de guiar na cidade, bebeu,  não guie.  Blitz do bafômetro indicou que você  está com a quantidade de álcool acima da permitida, ainda que ligeirissimamente acima, você não pode continuar guiando seu carro até em casa.

Aí, fazer o que???

Ligar para seus  amigos ou  irmãos da mesma idade???

Antes de tirar o seu carro do bloqueio, eles também serão submetidos ao bafômetro.

Aí…   A não ser que vc tenha um amigo abstêmio e insone…

Imagine 1 que você não consiga pessoa  alguma para levar seu carro embora.

Imagine 2 com que boa vontade e carinho seu carro será removido para algum depósito oficial.

Imagine 3 a burocracia para tirar o carro do tal depósito.

Imagine 4  O estado em que seu carro será devolvido.

Acho que é um grau de dor de cabeça tão grande, mas tão grande,  que nem na sua pior ressaca você encarou algo parecido.

Para evitar confusão, comeu dois bombons  recheado com licor, não guie.

Resignação.  É sempre bom lembrar a piada das duas freiras.

Lá vai:

No dormitório do convento, uma freira falou:

– Durma com Deus.

A  outra:

– É o jeito, né irmã!!!???

++++++++++++++++

Para  ler o texto de ontem com visão otimista para falta de combustível, clique aqui

Para ler que o teste do bafômetro barra o motorista que tenha  consumido  dois bombons  recheados com licor, clique aqui

1 pensou em “Visão Poliana Para Falta de Combustível…

  1. Paulo, meu lindo. Se sua visão Poliana para dar alternativas para a solução da blitz são as que você enumerou tenho para dizer que: -Estamos fritos.
    Seria melhor “enquadrar essas alternativas na Lei de Murphy : “Se alguma coisa pode dar errado, com certeza dará” . Melhor beber Sagatiba em casa. kkkkkkkkkkkk
    ++++++

    Elizabeth:

    Minha cara, voltou a ler meu blog só porque falei de vc, né??? Mas olha, se vc não escrever aquilo que vc sabe que eu quero ler, eu corto vc do texto (muitos risos). Se algém quiser ler o texto em que cito “essa leitora e amiga” “interesseira”, lá vai o link – clique aqui –

    Brincadeira, Beth, continuo amando vc, mas sentindo falta dos seus comentários, antes, tão freqüentes

    Beijão

    Paulo Mayr

    Beber e guiar é mesmo irresponsabilidade. O certo é beber sagatiba em Casa. Em tempo, faço fabulosas caipirinhas de pinga. Tô tentando inventar uma nova.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *