Parada Gay, Historinha Engraçada

Frequentemente tropeça-se por aí com placas que anunciam:  Loja dos Pregos, Desde 2009, como se dois anos representassem imensa tradição.  Isso quando não é o Since, no lugar do desde.

Se o que começou anteontem é considerado antigo,  o Boca já tem dois marcos: a historinha que publica às vésperas da Parada Gay e a Frase que precede o dia da Consciência Negra.  Ambas repetidas aqui há uns quatro anos.

Como rir é coisa saudável, e para manter a “tradição”, lá vai  uma vez mais :

+++++++++++++++++++

Parada Gay, poucos anos atrás. Desde a primeira, fui a algumas edições. Som legal, muita alegria e, além de tudo, não custa nada prestigiar. Lembro-me quando queriam bater o récorde mundial de público. Além do som, havia a meta a ser cumprida. Fui até mais para fazer número e ajudar no récorde, que acabou mesmo sendo batido.

Pois bem, em uma das vezes, de dentro do carro, perto da Rua Cubatão, onde, segundo meus cálculos, deveria estar a marcha naquele momento, pergunto para um grupo de gays que vinha caminhando se o pessoal ainda permanecia pelas redondezas. Eles me informam que a marcha já devia ter chegado ao ponto final, na República, onde seriam encerrados os festejos.

Pensando em voz alta, lastimo. Um deles consola:

– Não desiste não. Corre lá, quem sabe cê ainda não arranja um namoradinho!!!

Divertindo-me muito, nos dias seguintes, contei para todo mundo o episódio.

+++++++++++

Há três anos ia com minha namorada.   Ano passado (namorada já era)  fui  sozinho.  Não que eu ligue para a torcida, mas convidei amiga para ir comigo depois de amanhã.  Ela não quis.  MAIS UMA VEZ VOU SOZINHO E, SEM QUALQUER PRECONCEITO,  VOLTAR SOZINHO!!!

1 pensou em “Parada Gay, Historinha Engraçada

  1. È sempre bom compartilhar e apoiar todos os anos o desfile da Parada Gay,na av.Paulista.Eu não tenho ido,mas apoio este movimento que tanto luta por direitos de viver na nossa sociedade iguais para tados.
    ++++++++++++++
    Caro Cícero:

    É isso aí. Liberdade de expressão e manifestação para todos.
    Abraços
    Paulo Mayr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *