NET – O TEATRO DO ABSURDO NÃO TEM FIM.

Marina L., do atendimento Especial da Net, ligou para mim a fim de resolver o problema –   A saber:  do técnico da empresa que ficou de vir ao meu escritório na 2.feira ao meio dia e que me deu um chá de cadeira de oito horas e só apareceu às  20:30 hs, quando já tinha ido embora.  Ver post http://bocanotrombone.ig.com.br/2010/08/24/anatel-procon-e-idec-precisam-acabar-com-o-baile-que-o-consumidor-e-obrigado-a-dancar/

Ela me garantiu que alguém da empresa iria ligar para mim e “agendar” uma visita do técnico com hora marcada.  

Expliquei que trabalho sozinho, mas que tenho uma secretária eletrônica e que o funcionário poderia deixar o recado.

Pedi para dona Marina o telefone dela. 

Ela me disse que não tem Telefone  ou que não pode fornecer o telefone dela.  O fato é que não me deu o telefone.

É isso mesmo que  ela disse, que eu escrevi e que você leu:   a funcionária do atendimento (suponho que atendimento ao cliente) da NET não tem telefone.

Em compensação, acabei de receber um telefonema de prestativa Funcionária da Anatel (agência reguladora do Governo) que me disse ter recebido a minha reclamação e que outros funcionários da empresa me manteriam informado da evolução da coisa.  Aproveitei o telefonema e registrei o fato de a funcionária da NET de atendimento ao cliente não ter telefone.

A essa altura, já tinha postado correspondência para o Procon e para o IDEC.  Uma pena:  ficou faltando esse dado humorístico da coisa.

2 pensou em “NET – O TEATRO DO ABSURDO NÃO TEM FIM.

  1. Paulo Mayr!!!
    Quem não já passou um constrangimento e humilhação na Net que atire a primeira pedra.
    Anos atrás numa época de férias o qual eu estava com uma boa grana e sabendo que eu estava afim de me entreter em bons filmes e jogos de tênis(pois trabalho num clube de Tenis,fui pessoalmente na Net na Rua Verbo Divino e ao ser atendido pedi um pacote médio a qual constava canais de espotes.A moça do atendimento me falou que na minha rua a Net naquele momento não podia me atender e que eu deveria entrar em contacto 3 meses após aquela data,para ver se poderia ser atendido depois.
    Como eu achei uma humilhação,acionei a Ouvidoria da Net,mas tive uma grande decepção pois a Ouvidoria da Net via telefone e via pessoalmente não quiz me dar atenção.Resultado eu desisti, e passei aquela férias com meus planos a ver navios.
    Obs:Gostaria Paulinho,que você desse uma dica a todos nós que somos humilhados diariamente pelos funcionários das operadoras de Telemarketing,como se cadastrar para que não possamos nunca mais receber ligações deste serviço em nossas casas.

  2. Esse pessoal da área técnica são terceirizados e ganham por atendimento. Pegam 30 ou 40 fichas e saem para execução. A gente entende que vez ou outra eles encontram dificuldades técnicas inesperadas e se demoram mais e assim acabam atrasando. Eles não querem fornecer o telefone para o cliente não ficar ligando e apressando-os, mas se você depois de executado o trabalho disser que vai estender o pacote e quer abrir para pegar todos os canais, eles deixam o telefone. Muitos desses instaladores terceirizados oferecem liberação de sinal total, fora da operadora e assim se o cliente for venal, pode pagar só uma vez ao instalador que eles fazem. Isso é Brasil. São os “gatos” de TV por assinatura.
    No caso específico do seu atendimento, a atendente poderia tentar marcar uma hora ao invés de marcar o dia.
    Também você poderia,não sei se você fez, dar uma nota baixa para o atendimento em função que teve de esperar o dia todo, mesmo que o serviço em si tenha saído a contento.
    Duas ponderações:
    1. O cliente brasileiro está cada vez mais exigente
    2. Estamos ficando velhos (e ranzinzas).
    Não vá brigar comigo.
    abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *