Desculpas esfarrapadas!!!

“Pascoela”, também leitora assídua do Boca, comenta sobre as bubuzelas.  O comentário dela me lembrou piadinha ótima.  Lá vão:

Comentário de Pascoela:

Tenho uns amigos que foram para a África do Sul para os jogos da Copa do Mundo de Futebol.
Alguns deles não entendem muito do esporte e aplicam aquela máxima……mas que futebol que nada!
É só um meio de arrumar um alvará com a mulher de quatro em quatro anos e cair na farra.
Tem um que quase sempre fala que torceu muito, torceu tanto que o peru ficou roxo e machucado.
Depois dizem que futebol não combina com mulheres.

A piadinha, aliás, desculpa que fanáticos por qualquer assunto podem adaptar e usar em emergências:

Sujeito viciado em sinuca, vai pra casa de uma mulher e aquele cochilo costumeiro depois … se transforma em sono profundo.  Quando acorda, olha o relógio.  Vai atrás de um amigo e conta o que aconteceu para perder a hora.  O amigo pega um giz, coloca atrás da orelha do outro e diz para ele ir para a casa e contar toda a verdade para a mulher.

Acatou o conselho e no fim da história, quando ele confessa que caiu no sono na cama da amante, enfurecida a mulher começa a gritar:

– Amante coisa nenhuma!!!  Sem vergonha, você tava mesmo era jogando sinuca!!!

3 pensou em “Desculpas esfarrapadas!!!

  1. Com mulher a gente tem sempre de arrumar uma desculpa. Em realidade elas querem ficar com a gente e então por mais esfarrapada que seja a desculpa elas acabam aceitando. A regra é simples com relação à traição e pegar a gente no pulo:
    invente qualquer coisa. Isso no mínimo te dará um tempo para formular uma desculpa mais elaborada ou uma nova desculpa, mas reconhecer a traição, nunca!
    Isso me faz lembrar aquela do sapo.
    Certo dia, um amigo vinha caminhando para casa quando repentinamente ouviu uma voz: hei, hei, olha aqui. Ele percebeu que era um sapo que logo falou que em realidade era uma princesa que estava encantada e para quebrar o encanto necessitava de água. Foi quando meu amigo apanhou o sapo e como estava perto de sua casa, acabou entrando com o sapo no banheiro e jogou-o no box para aguá-lo. Ao contato com a água o sapo se transformou de repente em uma enorme linda loura, nua.
    Essa foi a história que o meu amigo contou para a mulher dele quando ela o viu abraçadinho, embaixo do chuveiro com uma garota.
    Fiquei na dúvida se a mulher dele acreditou. Mas acho que deu certo, pois eles ainda estão juntos.

  2. Um sujeito finalmente conseguiu realizar o seu sonho: comprar uma
    Mercedes 0 km, conversível.. .

    Então, numa bela tarde, se mandou para uma auto-estrada para testar toda a capacidade da “belezura”. Capota baixada, o vento na cara, o cabelo voando, resolveu ir fundo!

    Quando o ponteiro estava chegando nos 120, ele viu que um carro da
    Polícia Rodoviária o perseguia com a sirene a mil e as luzes piscando.

    “Ah, mas não vão alcançar nesta Mercedes de jeito nenhum”, pensou ele e atolou o pé no acelerador. O ponteiro foi pros 140, 160, 200… e a patrulha atrás.

    “Que loucura”, ele pensou e, então, resolveu encostar.

    O guarda veio, pediu os documentos, examinou o carro e disse:
    – “Eu tive um dia muito duro e já passou do horário do meu turno. Se me
    der uma boa desculpa, que eu nunca tenha ouvido, para dirigir desta
    maneira, deixo você ir embora”, e o sujeito emendou:
    – “Na semana passada, minha mulher fugiu com um policial rodoviário e eu tive medo de que fosse ele querendo devolvê-la.”
    – “Boa noite”, disse o guarda.
    +++++++
    Caro “Ubaldo”:
    Muito boa essa piada.
    Sabe qual é a semelhança entre o chucchu que dá ali na cerca limite do sítio e a mulher depois de 10 anos de casamento???? Nenhum dos dois tem gosto de coisa alguma. O sujeito só come para não deixar pro vizinho!!!

  3. ubaldo a mulher depois dos 10 anos de casamento so fica com gosto de chuchu pois dai em diante o marido ta velho barrigudo e careca pergunta pra sua

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *