Bubuzela é só o aperitivo!!!

Juntar amigos, ligar a TV, assistir ao jogo e tomar cerveja. Tão simples assim.  Simples  para quem está aqui!!!

Já quem seguiu para a Africa do Sul… 1   O país enfrenta uma super crise de energia.  Há uns dois meses, vi no Jornal Nacional  que o governo pedia para que a população mantivesse apenas uma luz acesa e uma tv ligada em cada casa.  Enquanto isso, estádios vazios ficavam  iluminados à noite inteira.

Já quem seguiu para a África do Sul… 2 vai precisar sair umas quatro  horas antes do hotel e enfrentar congestionamentos monstros para chegar aos jogos. Se optar por taxi, vai precisar  decorar mais de trinta sinais apenas para conseguir que o Taxi pare e converse.  Tem até um livrinho que ensina os ditos sinais. 

Cambista, por óbvio,  como diz um amigo,  deve haver um a cada meio metro quadrado das cidades sedes.

Isso sem contar a grana extra que vai gastar em Otorrino na volta ao Brasil  para recuperar os ouvidos estrupiados pelas Bubuzelas!!!

Bom jogo a seguir  para todos nós brasileiros, comodistas que ficaram por aqui e heróis que foram dar apoio pessoal pro Time Canarinho,   como diziam os que já estavam no Planeta do Futebol nas  Copas láááá de 70,62,58…

7 pensou em “Bubuzela é só o aperitivo!!!

  1. Segundo um site inglês a origem do nome vuvuzela tem teorias distintas. O primeiro diz que a alcunha vem de uma das línguas oficiais da África do Sul, o zulu, e significa fazedor de barulho (vuvu).
    Porém, o torcedor do Kaizer Chiefs – time de futebol local – que reinvidica o crédito pela invenção do instrumento, Freddie “Saddam” Maake, disse que passou a usar a expressão em 1992, logo após o fim do apartheid, e que seu significado seria “celebrem, unam-se”, também em zulu.
    Maake disse que a “vuvuzela moderna” foi concebida a partir de uma buzina de bicicleta, que ele achou muito pequena e a alongou, adaptando um cano.
    Presente no folclore local desde a antiguidade, as primeiras vuvuzelas eram feitas a partir do chifre de kudu (uma espécie nativa de antílope) e tinham como objetivo convocar as pessoas para reuniões. Por isso, sempre foi vista como símbolo de unidade da África do Sul.
    Para falar a verdade, não estou com inveja de quem está lá na África do Sul. Trânsito pesado, frio, chuva e ventos acompanham o barulho e o pobre futebol apresentado pela maioria dos times.
    ++++++++++++
    Caro Giordano:

    Legal sua explicação. Legal também vc concordar com minha opinião; sem contar que até agora, salvo a Alemanha, nenhuma das grandes seleções mostrou grande futebol. Mas eu tô botando fé que esse bom futebol de uma maneira geral, não só da seleção brasileira, vai aparecer. Fico, pois, na torcida.

    ABraços
    Paulo Mayr

  2. Mayr, você está com a Bu na cabeça. É Vuvuzela, não Bubuzela. É de soprar não de chupar.
    +++++
    Caro “Ubaldo”:
    Tenho a impressão que é bubuzela mesmo. Aliás, tinha olhado antes de escrever para não errar. Talvez vc quisesse fazer um jogo de palavras que eu não entendi.
    Abraços

  3. Tenho uns amigos que foram para a África do Sul para os jogos da Copa do Mundo de Futebol.
    Alguns deles não entendem muito do esporte e aplicam aquela máxima……mas que futebol que nada!
    É só um meio de arrumar um alvará com a mulher de quatro em quatro anos e cair na farra.
    Tem um que quase sempre fala que torceu muito, torceu tanto que o peru ficou roxo e machucado.
    Depois dizem que futebol não combina com mulheres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *