Quatrocentão – Profissão: Genro

Quatrocentão meio falido – não sei se é meio pleonasmo – casou-se com a filha de empresário “híper-riquíssimo”; de acordo com a voz do povo, botou o pau a juros. 

Como acontece nesses casos, o sogrão arranjou pro genrinho um cargão na empresa.

Esforçando-se para “parecer” mero mortal, o quatrocentão diz para um executivo da empresa – em tom grave a pausadamente, como sempre são ditas as grandes imbecilidades:

– Esqueça que sou um …. (e recitou o sobrenome). Me trate como você trata todo mundo!!!

Dizem, mas não provam, que o executivo teria respondido:

– Esquecer-se de que você é um …… é fácil.  Difícil é não se lembrar que você é GENRO DO HOMEM!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *