Tribunal Eleitoral Desburocratiza, Mas Ainda Faltam Léguas!!!

As coisas estão melhorando para desentupir pastas e arquivos dos cidadãos.

O Tribunal Superior Eleitoral permite que o eleitor que tenha votado regularmente, em menos de três minutos, obtenha uma Certidão pela Internet  de que está em dia com suas obrigações junto ao órgão.  De posse do documento, ele  pode descartar  todas aquelas filipetas que recebe a cada eleição comprovando sua presença no Colégio Eleitoral.

Antes disso, no último dia 2 de agosto, o presidente Lula sancionou lei obrigando empresas públicas e privadas prestadoras de serviço a enviar anualmente aos clientes uma declaração de quitação de débito a todos que estiverem com seus pagamentos em dia.

O link para o eleitor obter seu documento oficial:
http://www.tse.gov.br/internet/servicos_eleitor/quitacao_blank.htm

O dia em que todas as contas do cidadão adimplente  forem obrigadas por Lei a trazerem  um simples aviso NÃO CONSTA DÉBITO ALGUM ANTERIOR  será comemorado pelas estantes, arquivos, pastas e, principalmente nós, cumpridores de nossas obrigações. 

Como se diz no “rico” português de hoje em dia: “vamos combinar”  que é o mínimo de consideração e respeito  que o bom pagador merece!!!

2 pensou em “Tribunal Eleitoral Desburocratiza, Mas Ainda Faltam Léguas!!!

  1. Mayr,
    Bom que agora a gente pode consultar a regularidade eleitoral via Internet. Tentei diversas vezes, não consegui ainda. De qualquer maneira era somente para testar, pois sei que estou em dia. Votei em todas eleições desde que sou obrigado a fazê-lo. Por falar em obrigatoriedade de se votar, penso que já é hora de abolir essa obrigatoriedade. Desde que a eleição é uma festa cívica,participa quem quer. Quem não vota, depois não pode cobrar. Talvez aqui no Brasil os políticos não queiram abolir a obrigatoriedade do voto porque eles estariam abrindo mão dos “currais” eleitorais, sempre em evidência no Brasil, desde que existe eleição. Só mudam as formas de acabrestar os votos dos menos favorecidos e menos letrados. É prometendo emprego, facilitando a resolução de pequenos problemas com a administração pública ou dando dinheiro. Aliás, essa última modalidade muito presente atualmente com o Programa Bolsa Família. Por falar nesse Programa, que deveria ser temporário e certamente será perene, pois não haverá nenhum político que irá desprezar os votos resultantes das doações aos necessitados. Imaginem que são 45 milhões de beneficiados, 25 milhões de votantes e R$ 13 bilhões ao ano, por enquanto. De bom esse Programa só tem o fato de transferir renda dos impostos que pagamos para os necessitados. De ruim, principalmente o voto acabrestado e a acomodação natural dos que recebem as doações. É o Programa das transferencias. Transfere renda e transfere O VAZIO DO ESTÔMAGO PARA O VAZIO DA CABEÇA. Os governantes nem pensaram que um PROGRAMA DE ESCOLA EM TEMPO INTEGRAL PARA TODAS AS CRIANÇAS COM FORNECIMENTO DE 3 REFEIÇÕES DIÁRIAS E CAPACITAÇÃO DOS PROFESSORES seria muito mais eficiente porque gera desenvolvimento e evita que as crianças fiquem a esmo, cometendo crimes ao invés de gastar o dinheiro que é gasto no PBF. Como criança não vota hoje e os políticos são imediatistas o Bolsa Família é bem melhor, para eles. Eu, sinceramente não iria esperar que o Lula, qual não sentou muito nos bancos escolares e passou muito vazio no estomâgo quando criança no Nordeste iria privilegiar a Educação a manter os conterrâneos bem nutridos e acabrestados pela ignorância e um punhado de reais. Um projeto de desenvolvimento para o Nordeste para gerar emprego e renda ele não pensa. Isso não dá voto e é mais díficil de fazer e planejar.
    ****

    Giordano:

    Apenas em Relação ao documento que o Tribunal Oferece. É só clicar no link, preencher. Caso o eleitor esteja em dia, aparece na Tela um documento afirmando que está tudo em ordem. O eleitor, imprime aquela folha, guarda no Arquivo e pode descartar todas as filipetas que lhe foram entregues cada vez que ele votou.
    Considero um belo progresso e, como disse, no meu texto adoraria que tudo fosse assim.

    Grande abraço

    Paulo Mayr

  2. Paulo Mayr!!!
    È muito importante a simplificação e transparência no Tribunal Superior Eleitoral e espero que o exemplo citado,também aconteça em outros segmentos públicos,principalmente nos tribunais civil,criminal e da família,onde interminávelmente devem existir milhões de processos parados por vários motivos..
    Vamos desburocratizar o nosso Brasil!!!!
    CICERO GOMES.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *