CERCO AOS BÚFALOS

De 17.07.07

Até há algum tempo, antes de o filme começar nos cinemas da rede Cinemark, o locutor dos avisos de que é proibido fumar, usar câmaras fotográficas, passava as instruções de como proceder em caso de emergência e, com inacreditável ingenuidade, solicitava:

– Evite Falar Alto!!!!!!!!

Ou seja, estava liberado o bate papo e solicitava-se à platéia, se não fosse muito incômodo para os/as tagarelas, que não falasse alto. Era o mesmo que o locutor dissesse:

– BATAM PAPO À VONTADE MAS NÃO FALEM ALTO!!!!!!!!

Pois não é que o CINEMARK radicalizou. Agora, antes de a sessão começar,há um lacônico aviso:

– Nada de conversa!

Muitos búfalos em férias, nas felizes palavras do meu amigo Guengo, freqüentadores de cinema, devem estar se sentindo censurados/reprimidíssimos, pois eles têm a mais cristalina das certezas de que quando os personagens estão em silêncio é para que a platéia bata um papinho rápido e alguns – você já viu várias vezes isso acontecer – até falam ao celular.

Nada de conversa, eles interpretam como autoritarismo. Como se julgam rebeldes, conversam à vontade.

Rebeldia é outra coisa. Conversar no cinema tem nome muito mais simples:

FALTA DE EDUCAÇÃO!!!

1 pensou em “CERCO AOS BÚFALOS

  1. Paulko, nos cinemas dos shopping (?) da periferia, como do Tatuapé Boulevard, tem mensagem muito inteligente solicitando silêncio, etrc , etc. E o público se mantem em silêncio. Sem nbarulho de papeis de bals e afins. Será que é sua eluzente presença que diexa p o povo da Zona Sul em povorosa e dá-lhe barulho?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *