Perfeição no Constrangimento!

Muito constrangedor  funcionário ao sair do trabalho ter bolsa ou mochila aberta e examinada pelo patrão ou segurança.

Agora, atingimos a perfeição.   Crianças de seis, sete anos têm suas mochilas revistadas por soldados com fuzis (ou sei lá como se chama essa arma, pois, graças a Deus, não entendo do Assunto) na Zona Norte do Rio.

Alguém vai dizer: como esse Paulo é ingênuo, marginais usam as mochilas das crianças para fazer armas circularem.

Mesmo assim, pergunto:

  • É ou não é absurdo, afronta? (tenha lá o nome que se quiser dar).
  • Viemos ao mundo para sermos tratados dessa maneira?
Não é pesadelo.  Está acontecendo.

Alguém já disse: o ser humano é um projeto que não deu certo.  Há como se contestar?

2 comentários sobre “Perfeição no Constrangimento!

  1. É como as “dicas” que dão para não sermos assaltados, é ridículo imaginar que ao chegar em casa temos que dar voltas na rua para ter certeza que estamos seguros ao entrar com o carro, ou não usar o celular na rua, carregar itens somente como documento na bolsa para que o prejuízo seja menor, é de gargalhar , não somos nós que temos que viver enjaulados. A lei no nosso país é absurda, a insegurança, a saúde a precariedade dos lugares de lazer, ou o governo muda ou vamos ter como governantes marginais armados com sua própria lei.

    1. Viviane:

      Os exemplos que vc cita são mais ou menos a mesma coisa.
      Tudo isso é uma afronta.

      Suponho que vc vá gostar muito de ler meu blog. Com frequência abordo temas sob essa mesma visão crítica.

      Paulo Mayr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *