Com Tempestades, Mesmo Assim, Paraíso!

Janeiro na Cidade de São Paulo, há duas condições climáticas:

  • ameaça de tempestade
  • ameaça se realizando

Mesmo assim,  é o melhor lugar para se  estar nessa época do ano.

  • Pouca gente
  • Trânsito que flui
  • Salas de cinema e teatro sem espectadores saindo pelo ladrão

Não troco São Paulo em Janeiro por lugar algum.  Mesmo porque todos os “outros  lugares alguns” vão estar repleto de gente, trânsito, caos.  E, se for aqui por perto,  as mesmas  condições climáticas vão imperar:  raios, trovões ou o dilúvio.

Poder sair de casa 20 minutos antes de a sessão de cinema começar não é um luxo?  Ah, e nada que minha bota de lavador de garagem e meu guarda-chuva, que mais se parece um pequeno guarda-sol, não resolvam.

Disse brincando uma vez, que no começo de fevereiro deveriam proibir de entrar em São Paulo todos os que estivessem fora.  Brincando, mas…   Imagine esse paraíso doze meses por ano!

Em tempo, espero que se passar pela cabeça de algum chato a ideia de que eu gosto de ver casas sendo arrastadas, ele guarde para si e me poupe de comentários idiotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *