Questão de Nível

Hipótese Improvável 1 –

Eu perco completamente o mais mínimo resquício de senso de ridículo e convido o tenista Rafael Nadal, que está no Brasil, para jogar  tênis.

Hipótese Improvável 2 –

Ele aceita trocar meia dúzia de bolas comigo.  Se ele, de fato, quiser  trocar meia dúzia de bolas, ele vai ter que descer ao meu nível.

Bem, mas eu tenho senso de ridículo e isso  jamais aconteceria.

Entretanto, dá para estender o mesmo raciocínio para quem trata cachorro como filho.  O cachorro  jamais vai atingir o nível do ser humano.  Assim, o sujeito tem que descer ao nível do cachorro.   Óbvio.

Minha única dúvida:  quem trata cachorro como gente tem  que descer ao nível do cachorro ou ambos já estão no mesmo  nível, com apenas dois neurônios a mais, para o que caminha sobre duas patas? Explicando a função dos dois neurônio extras: um neurônio para que não mije pelas calçadas e em ambientes fechados e o segundo neurônio para que não faça  número 2, idem por calçadas e em ambientes fechados.

Eu odeio escatologia.  Mas a imbecilidade de muitos me submete a ela.  ( Definição no Dicionário de Escatologia “tratado sobre excrementos”)

Quiser ler mais absurdos sobre cachorros e seus donos, clique

Elevando o nível,  quer ler algo “legal sobre Nadal” aqui no Trombone??? Então, Clique

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *