Inferno Inclemente

Antes,  sabendo que ia  gastar tempo para  ser atendido, você levava jornal, revista ou livro.

Hoje, danou-se!!!

Toda sala de espera tem malditos aparelhos de televisão ligados, com som na maioria das vezes.  Quando não é TV,  é o desinfeliz ao lado, ou gritando ao celular, ou ouvindo música no smart (esperto???)phone ou” jogando Joguinhos” barulhentos.

É o que eu chamo de meta-inferno.  Você já está no inferno de ter que esperar para ser atendido e ainda é bombardeado (literalmente) por essas pragas obsessivas da modernidade.

Você não tem paz para pensar na vida, que dirá ler livro,  ou até mesmo os segundos cadernos dos jornais, com notícias e comentários leves.

3 pensou em “Inferno Inclemente

  1. A verdade Mayr é que você nem sabe mais o que é silêncio, tantos são os barulhos com os quais aos poucos nos acostumamos. Silêncio é de ouro; como a educação. Abraço

    1. Caro Clerson:

      Sim, silêncio é de ouro. Tenho até uma frase a respeito. Frase, querendo ser séria, o que não combina muito com meu estilo de fazer frases, mas lá vai:
      “Dê-me uma alavanca e um ponto de apoio e levantarei o mundo.” O simples silêncio já seria imensa alavanca para a felicidade do cidadão.

      Pois é, até meu pai, que era bem idoso, gostava das minhas frases debochadas, não das sérias (poucas).

      Abraços

      Paulo Mayr

    2. Caro Clerson:

      Você está certo, ambas as coisas – silêncio e educação – são indispensáveis. Nesse exato instante, quase uma da manhã, caminnhôes fazem barulho

      Abraços

      Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *