O Inferno da Net – Em Palavras e Link para Vídeo de Fábio Porchat Sobre essa Afronta. Compartilhe, a Net Merece – Meu texto e o Vídeo

Depois de muita luta, literalmente luta, consegui marcar com a Net que o técnico viesse à minha casa hoje entre 11 e 12 horas.  Ele chegou às 12 horas, sem problema.

Resolveu parte dos defeitos apresentados. Passei a ter uma extensão de telefone funcionando, a Internet e televisão.

Os outros dois pontos de telefones continuam mudos.  Segundo o próprio técnico, que me pareceu sujeito competente,  isso aconteceu, agora,  porque  quando migrei meu telefone para a Net, foi usado o sistema de cabeamento da antiga empresa, Tele-a-fônica  , (por melhor que seja o trocadilho, todo mundo acha péssimo.  No caso da “teleafônica”, independentemente da qualidade, reflete bem a eficiência da empresa).  Pois bem, ficou marcado para depois de amanhã.

Outro baile,  porque a chefe das atendentes me disse que não podia determinar uma hora específica para o técnico chegar em minha casa.  Insisti, disse que tinha anotado todos os protocolos de atendimento, conferi os números desses protocolos. A chefe das atendentes, disse que iria colocar na ficha  que eu preferia o horário entre 8 e 9 da manhã, mas não se comprometia.  Pois bem, eu disse que se às 9,30 o técnico não estivesse na minha casa, eu ligaria para a Anatel e pediria Providências.  Anatel, como se sabe, é o órgão regulador das empresas de telecomunicações.

Muitas vezes as pessoas detestam meus argumentos porque eles são ótimo, definitivos, impossível de serem contestados.   Quando começo a ser enrolado com essa história de que entre  oito horas e meio dia o técnico vai “estar passsando” na minha casa, calmamente explico:

– Ao ligar para o dentista, por exemplo, jamais a secretária diz para o cliente aparecer às oito horas da manhã no consultório  e que até meio dia será atendido.

Já está em tempo de a Anatel resolver esse tipo de coisa.  A saber, se é que não ficou claro, proibir terminantemente essa afronta de que entre oito e meio dia o técnico aparece e obrigar as empresas a determinar, no máximo, o período de uma hora para o técnico chegar ao cliente.

Vingue-se da Net e similares, assistindo ao formidável vídeo do humorista Fábio Porchat sobre afrontas do atendimento por telefone dessa empresa.  É impressionante como é verdade tudo o que ele diz.  Clique aqui, ria muito e divulgue para todo mundo.

Não se esqueça de compartilhar o vídeo do Fábio (o pai dele é primo irmão da minha cunhada).  Se quiser, compartilhe também meu texto.  A Net  nos merece!!!  (não estou me comparando ao Fábio, são críticas diferentes e a Empresa  precisa topar com mais disso pela frente  e muito mais, para dar atendimento minimamente decente).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *