Supermercado Zaffari, Exemplo a Ser Seguido; Piada Muito Boa e Verdadeira

No Supermercado Zaffari do Shopping Bourbon, Rua Turiaçu, Zona Oeste de S. Paulo, uma atitude não só simpática, como justa e digna.

Passei  duas vezes no Caixa.  Primeira Compra, R$ 6,14.  Segunda compra, só um produto, de R$ 4,19.

Acredite, às duas vezes, em dois caixas diferente, o programa do computador arredondou para Baixo.  A saber, R$ 6,10 e R$ 4,15.  Estão  lá as provas  nas duas notas do caixa.

Estarei eu assistindo ao princípio  do fim dos Produtos  cujos preços  terminam  em 4 e 9 centavos e são sempre cobrados a mais??? Cobrados a mais, sem que o caixa sequer peça desculpas por não dar o centavo de troco.

Que outros estabelecimentos imitem essa atitude simpática e comecem a mudar a imagem que a população tem deles.

Aliás, o Zaffari é ótimo supermercado. Exagerado que eu sou, digo que é um Santa Luzia Gigante.

Com ou sem exagero, repito o Parabéns ao Zafari que assim vira exceção na imagem que a população tem do comércio, exposta tão bem nessa piada, repetida aqui no Trombone algumas vezes.

Lá vai:

O presidente da Associação Comercial encomendou para um escultor temperamental uma grande obra que representasse o comércio. O artista aceitou desde que ninguém visse o trabalho antes que estivesse concluído.

No dia da inauguração, toda a cidade reunida, prefeito, governador, rádio, tvs… Quando se retira a imensa lona que cobria a escultura, espanto total.

– Oh!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! – exclamou a platéia.

A escultura era uma imensa fila de homens nus, um atrás do outro, o de trás se encaixando no da frente.

O presidente da Associação Comercial foi tomar satisfação com o artista que explicou.

– O senhor não queria um trabalho que retratasse o comércio??? O comércio é isso, um querendo estrepar o outro!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

O presidente indignado disse que aquilo era um absurdo e garantiu que ele mesmo era sujeito muito honesto.

O artista explicou.

-Exatamente, o senhor, o senhor é o primeiro da Fila.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *