Happy (feliz???)-hour!!!

Como já disse, e fiz frase, a ideia é ótima; o nome, muito babaca.  Agora, se além dos seus queridos amigos, houver convidados, que nada têm a ver com nada, aí a babaquice passa a ser ilimitada.

Outro dia,  cai numa dessas.  Só me avisaram quando cheguei que haveria dois forasteiros.  Não é preconceito, não.  Mas, trata-se de grupo de seis  amigos de mais de 40 anos, chamar dois de fora…

Um deles, começa a falar com detalhes íntimos, como se ele fosse acometido pela coisa, de menopausa.

O outro, do nada, solta das piores piadas  jamais concebida.  Tenho vergonha de transcrever, mas lá vai:

– A mulher ideal é a cearense.  É baixinha, fica na altura certa para um boquete, é banguela e ainda tem a cabeça chata para você por o copo de uísque.

Imaginei que havia bebido uma cerveja, comido  uns pedacinhos de tira-gosto.  Deixei dinheiro para pagar duas cerveja, levantei-me e fui-me embora.

Se da próxima vez houver a mais mínima perspectiva de forasteiros, eu tô fora.  Adoro, contradizer ditados, mas no caso, tenho que ir no ditado mesmo: antes só do que mal acompanhado.  Antes beber cerveja sozinho em casa pensando sobre meus pensamentos a ouvir tais imbecilidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *