É Pra Cachaça Mesmo!!!

Saio de casa com duas caipirinhas na cabeça, a pé para poder continuar bebendo sem o estresse do bafômetro.  Antes de dobrar a esquina, sou saudado com português formal  por um morador de rua que não conhecia. Tanto entusiasmo, lógico, vem precedendo pedido:

– Me dá um real, cinqüenta centavos, para eu comprar pinga.

Dou dois reais:

Ele agradece:

– Valeu!!! Vou “se” desmantelar na cachaça.

Gostei da honestidade e da efusão!!!

Foram os dois reais mais bem gastos, posto de outra forma, gastos com mais alegria dos últimos tempos!!!

++++++++++++++++

Se quiser ler outras histórias  de ambulantes e pedintes, clique aqui

5 pensou em “É Pra Cachaça Mesmo!!!

  1. É uma crônica. O Lourenço Diaféria , cujos textos tive a honra de ilustrar, fazia isso: andava pela cidade à cata de idéias pras suas crônicas , arte na qual foi um mestre. Só não sei se andava tanto, rsrsrs
    ++++++
    Caro Vasqs:

    Ontem acho que bati meu récorde. Devo ter andando uns 17,18 quilômetros. Tenho certeza de que o Diaféria andava menos, mas enxergava muito mais. Minhas pernas estão treinadas, falta treinar os olhos e o coração. Vou ver se cuido disso.

    Aliás, tinha classificado aqui como casos e, graças à sua observação, classifiquei também em crônicas.

    Valeu!!!

    Paulo Mayr

  2. Certo ele, só nós temos o direito de tomar umas. Pediu, foi sincero e ganhou a mais.
    ++++
    Caro Júnior:

    É isso mesmo!!! Precisamos todos ter visão mais generosa e menos falso moralista!!!

    Grande abraço

    Paulo Mayr

    1. Primeira opinião:Será que você não deu os 2 reais ao morador de rua,porque vc já tinha tomado duas caipirinha.rsrsrsr.
      Segunda opinião:Quando um pedido sincero e honesto nos é dirigido,nos surpreendemos: e facilitamos ou realizamos o pedido solicitado,isso porque;hoje em dia, é dificil vermos sinceridade absoluta nas pessoas que nos procuram.
      A verdade ainda vale apena ser dita!!!
      ++++++
      Caro Cícero:

      Provavelmente é exatamente isso que vc disse. Disse na sua segunda opinião. Quanto à primeira, dei os dois reais pq achei o cara o máximo.

      Abraços

      Paulo Mayr

  3. Paulo, nem sempre ser honesto é bom, seja honesto com uma mulher do tipo, seu cabelo não esta bom, sua roupa não caiu bem, você esta um pouquinho fora do peso…..

    Depois de fazer isso, se continuar vivo, me fale como foi……abraços.

    +++++++

    Caro Júnior:

    Concordo plenamente com vc. Mas essa história do cara pedir pra pinga, com o charme todo que ele colocou na coisa, eu tinha que contar, não tinha???

    Abraços

    Paulo Mayr

Deixe uma resposta para Cicero Gomes Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *