Filhinho Rico; Mamãe, Bestona

Nos meus tempos de jovem, dos grã-fininhos metidos dizia-se que se passava na cabeças deles mais ou menos o seguinte raciocìnio (será que gente metida raciocina???):

– Papai é rico, eu sou bestinha!!!

Agora, pelo que percebo,  está surgindo a variável disso em idade avançada.  Pais e mães de homens  bem sucedidos têm  o mesmo lema:

– Filhinho rico; mamãe, bestona!!!

Se para garoto  já era ridículo, para velha/velho, nem há o que se comentar.

E olha que não estou falando de mãe de pagodeiro, de jogador de futebol, de big-brother ou big-sister, de ganhador de mega-sena.  São mães de empresários que estudaram em bons colégios e boas faculdades…

Novamente, a teoria de domínio público: a natureza limitou a inteligência, mas não a burrice!!!

2 pensou em “Filhinho Rico; Mamãe, Bestona

  1. Agradar,presentear e homenagear os filhos,sem eles merecerem,dá nisso aí:filhos de pobres e ricos,sem futuro algum.Todos eles dependentes e indisciplinados.
    ++++++

    Caro Cícero:

    Talvez eu não tenha explicado direito. Mas o que eu escrevi é exatamente o contrário do que vc comentou. Disse que há velhos e velhas que são bestas porque têm filhos ricos. Leia lá novamente. Se não tiver claro, eu escrevo de novo.

    Abraços

    Paulo Mayr

  2. Atrás de um filho rico existe a ajuda dos pais na educação e formação,ou a ajuda monetária dos pais para com os filhos.”Filhos de pais ricos,ricos serão”.Ser besta,será apenas um detalhe”.
    +++++
    É isso aí, caro Cícero
    Abraços
    Paulo Mayr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *