O uso limitado do formidável material das Caixas Pretas

Parece que as duas Caixas Pretas do do Airbus A330 da Air France, que caiu no Oceano Atlântico há quase dois anos, foram encontradas. 

Clarice Berto, proprietária do delicioso e tradicional Bar do Museu, no Centro da Cidade, me disse uma frase a respeito do assunto.  A frase, cuja autoria ela desconhece,  tem  uma lógica curiosa  e bastante humor.  Alguém, ou até muitos,  pode achar que  a gravidade do assunto não permite graças.  Talvez.  

Para quem não pensa assim, lá vai a frase: 

Se as “caixas-pretas” resistem aos maiores desastres aéreos, por que não se fazer os aviões do mesmo material que elas???

Engenheiros, o desafio está aí.  Mãos às calculadoras e pranchetas e, após, mãos à obra!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *