“Reflexões” (???) Sobre o Dia do Trabalho

Eu não entendo porque no dia do Trabalho  ninguém Trabalha.
(Nesse ano, cai num domingo.  Que pena!!!!)

O dia do Trabalho é o dia da vagabundagem.

É ÓTIMO.  MAS  É UM DIA SÓ!!! Que merda!!!

Precisa mudar tudo.

Precisa ser criado  O  DIA DA VAGABUNDAGEM E ABOLIDO O FERIADO DO  DIA  DO TRABALHO.


No dia da vagabundagem,  SÓ NO DIA DA VAGABUNDAGEM, todo mundo, mas todo mundo mesmo, …tra ba lha ria.  

Seria logo ali na 2. Semana de Janeiro.   Pra gente já ficar logo livre dele; DELE E DO TRABALHO!!!

Os outros dias, aí sim, se chamariam de Dias do Trabalho.  E seriam todos eles dedicados – dedicados ao que???

– À vagabundagem, NATURALMENTE…

E ali pelo finalzinho de dezembro, principalmente, na Bahia, A CHORADEIRA  seria uma só:

–   Que merda, o dia da vagabundagem tá chegando de novo e todo mundo vai ter que trabalhar.  Sorte que no ano que vem cai num domingão!!! 

E o Ponto Facultativo, então????   O que é isso??? 
Esse é que não dá  para entender mesmo!!!!
Algum engraçadinho da década de 70 lançava desafio forte:

– Vai explicar para um Inglês o que é Ponto Facultativo!!!

Se o ponto é FACULTATIVO, ALGUM FUNCIONÁRIO  PODE MUITO
BEM FACULTAR (querer, optar por) BATER O PONTO.
 

É  lógico, se é FACULTATIVO…

Agora, será que o funcionário responsável pelo Ponto também terá FACULTADO POR  BATER O PONTO???

Não creio!!!

Torcendo por um mundo melhor,  com  364 dias por ano de dia do Trabalho E SEM QUALQUER PONTO FACULTATIVO –  ISSO VAI  COMPLICAR DEMAIS A COISA E, PIOR, DAR TRABALHO!!!

O fim dessa hipotética confusão que o Ponto Facultativo pode causar é apenas uma das muitas vantagens  desse novo Calendário Trabalhista.   Nem Getúlio faria melhor!!!

1 pensou em ““Reflexões” (???) Sobre o Dia do Trabalho

  1. Salve o dia 1º de Maio – O dia do trabalho!!!!
    Ao Contrario do que este artigo diz:Todo dia 1º de Maio eu trabalho,mas neste feriado de hoje,eu estava de saco cheio e resolvi comemorar… e não fui trabalhar,aceitando a verdade do que este artigo diz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *