Assistir a Tragédias Enquanto Janta – Costume Difícil de Engolir!!!

Tragédias acontecem. É importante estar informado a respeito do que se passa na cidade, no país e no mundo.  O locutor do telejornal diz  que deslizamento de terra no morro causou certo número de mortes é informação suficiente para mim.  Ao perceber que o repórter vai entrevistar a mãe do bebê soterrado, eu  mudo de canal imediatamente.

Agora, o grande público curte todos os detalhes;  e quanto mais mórbidos,  melhor.

Parece que eu estou certo e o grande público, errado.

Pelo menos é o que se deduz da manchete do Jornal da Tarde do último domingo:   “Acompanhar tragédias aumenta risco de enfarte”. No corpo da notícia está dito que “depois de uma tragédia, como o terremoto que atingiu o Japão no início do mês, ou os deslizamentos de terra no Rio, em janeiro, a incidência de enfartes, AVCs (acidente vascular cerebral ou derrame) e outras doenças do sistema cardiovascular cresce até seis vezes”, de acordo com estudos brasileiros e internacionais.

Embora não seja do ramo, me permito  concluir que uma eficiente maneira de turbinar ainda mais esses números e esses malefícios  é seguir desgraças na TV  mesmo durante as refeições.  É a fome com a vontade de comer (leia-se – de dinamitar a saúde de qualquer mortal).

Se o grande público gosta de jantar vendo tragédias no Telejornal é direito legítimo, desde que em casa, só, junto com a família ou amigos que tenham o mesmo prazer.

Seria interessante que donos de bares, restaurantes e etc lessem/se informassem a esse respeito e retirassem todas as televisões existentes.  Afinal, todo mundo tem direito de jantar, almoçar, tomar cerveja  sossegado. 

Quem quiser, repetindo,  que se embriague de morbidez durante as refeições  em casa, só ou acompanhado de quem aprecie a coisa.

++++++++++++++

Um Outro texto sobre o mesmo assunto (já escrevi vários, basta ir navegando pelo blog): http://bocanotrombone.ig.com.br/2010/06/08/televisao-ligada-24-horas-por-dia/

3 pensou em “Assistir a Tragédias Enquanto Janta – Costume Difícil de Engolir!!!

  1. Caro Paulo:
    Como escreveu a outra comentarista você está certíssimo.
    Explico-me: o nosso lado animal, e é o que somos pelo menos da linha dos olhos para baixo, ao enfrentar situações tensas ou mesmo a visualização delas, como no noticiário da TV, reage com o Sistema Nervoso Autônomo Simpático, com descarga de adrenalina que é responsável pelo aumento de pressão, dos batimentos cardíacos, NA PARADA DE FUNCIONAMENTO DE TUBO DIGESTIVO, que é o ponto que denuncia, etc.. O comprometimento da digestão é uma das consequências imediatas de tal prática, o que é muito bom para a indústria farmacêutica, mas um veneno para nós, pobres mortais.
    Assim acompanho seu coro denunciador!!!
    Com um abraço
    Armando

  2. Devemos respeitar o ambiente coletivo nas refeições,não só para evitar risco de enfarte,mas por educação as pessoas que estão a nossa volta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *