Pratos com Romã e Lentilha para trazer sorte

Publico novamente cardápio para se ter sorte no ano de 2010.  Queria ter postado  ontem, mas ocorreram problemas no sistema do Ig.   De qualquer forma, ainda dá tempo de correr e produzir esses pratos que trazem sorte para o ano que entra.

Uma vantagem no cardápio desse ano.  Finalmente, já se encontra no mercado o Doritos Sabor Neutro.  É muito melhor.  De qualquer maneira, ainda deixo o comentário que fiz sobre a mania dominante de uma coisa ter o sabor de outra.  Na minha opinião, um inferno – coisa de búfalo, como digo – (talvez um pouco rigoroso – sem rigor, entretanto, não se fazem mudanças!!!)

Em tempo, Boca no Trombone não se transformou, nem é essa a idéia, em site de gastronomia!!!!

Feliz 2010 para todos nós!!!!

************************

Rezam  a superstição e a tradição  que comer romã e lentilha no Reveillon traz sorte.  Não sou muito místico, mas “bastante” gastrônomo, como tá dando para perceber.  Além disso,  dizem os espanhóis (em espanhol correto, naturalmente – diferente do que escrevo a seguir)  “ jo no creo em las bruxas, pero que las hai, las  hai”.  Resumindo, não custa nada incluir romã e lentilha na noite do Ano Novo ou no primeiro Almoço do Ano. 

Guacamoles (pasta salgada mexicana  de abacate) para se comer de entrada acompanhando cerveja geladíssima  ou,  idealmente, margherita ; e arroz com lentilhas, que pode  ser saboreado junto com saudável e politicamente correta coalhada,  dão conta de satisfazer a superstição, além de serem quitutes deliciosos. A cerveja não vai combinar com  o Iogurte do arroz, mas isso não vai matar ninguém.

GUACAMOLES

Nas minhas agradabilíssimas temporadas  na fazenda do meu querido e saudoso irmão Beto, em Sto Antônio da Platina, Norte do Paraná,  dia sim, outro também, havia guacamoles antes do almoço. Era muito bom.  Entretanto, não levava coentro.  O Coentro faz toda diferença. Para muito melhor!!! 

Naquele tempo, a mania de uma coisa com sabor de outra (batata com gosto de berinjela, berinjela com gosto de abóbora; abóbora com gosto de quiabo) ainda não havia se tornado uma ditadura;  o salgadinho de milho perfeito para acompanhar – sem sabor algum –  estava nos supermercados. Atualmente só existe com Sabor queijo.  Não tem graça.  Mas não tem solução.  É como o caso das duas freiras.  Uma falou para a outra:
-Durma com Deus, irmã.
A outra respondeu:
– É o jeito, né???
Garantiu-me por telefone a empresa que fabrica o salgadinho de Milho que o de sabor neutro vai ser comercializado novamente.  Aliás, já era para estar no mercado, mas houve um contratempo.  Salvo engano meu, incendiou-se  parte de uma fábrica onde ele estava sendo produzido.

A boa notícia, como disse na abertura do texto deste ano,  é que o Doritos sabor neutro já pode ser encontrado em praticamente todos os lugares.  Muda da água para o vinho o guacamoles com doritos sabor neutro.

Lá vai a receita:

Guacamole
Ingredientes – para cerca de 4 pessoas.  Pode multiplicar porque não tem erro.

2 xícaras de chá de abacate sem caroço e sem casca
½  de xícara de chá de  tomate pequeno sem peles, nem sementes, cortados em cubinhos.
1/2 de xícara de chá de cebola  bem picada
1/2  colher de sopa de coentro bem picadinha
3 colheres de sopa de suco de limão
1  colher de chá de    sal
2 colheres de sopa de  sementes de Romã
50  gotas de  Tabasco vermelho

ACOMPANHAMENTO

2 pacotes de salgadinho de milho – Doritos -, preferencialmente de sabor neutro.  Caso não tenha sabor neutro, o de queijo quebra o galho.

Preparo  

Em um teperwere, misture bem o abacate amassado com garfo, o tomate, a cebola, o coentro, o suco de limão,  o sal e o Tabasco.

Deixar fora da geladeira se for servir nas próximas horas  Caso vá demorar para servir, deixar um caroço de abacate dentro, o que evita que fique preto.  Isso vale para diversas receitas de pratos que levem “creme” de abacate.
Come-se descontraidamente, sem usar talheres,   mergulhando nacos do salgadinho de milho na pasta, acompanhado de tequila servida em pequenos cálices, margherita ou mesmo cerveja bem gelada.

ARROZ COM LENTILHA – do fabuloso livro esgotado COMIDAS DE BOTEQUIM de Ana Judith de Carvalho. Editora Nova Fronteira – publicado há mais de 25 anos).  Vale a pena ir atrás,  quer pelas  receitas muito bem cuidadas, quanto pelo texto de apresentação. A autora diz  mais ou menos aquilo que Rita Lee já cantou: “antigamente tudo era bem mais chique”.

O texto vai abaixo exatamente  como está no livro.  Já fiz. Deu certo.

Ingredientes para Oito Pessoas

“- 3 xícaras de chá de arroz agulha;
250grs de lentilhas;
50 grs de toucinho defumado cortado em cubinhos;
4 cebolas grandes em rodelas;
1 folha de louro;
2 dentes de alho;
óleo que baste;
sal e pimenta (não está especificada , -acho que é pimenta do reino-)

Preparo

Cozinhe o arroz al dente, em 6 xícaras de chá de água quente com sal.

Separadamente, cozinhe as lentilhas em água com sal, o louro e o toucinho.  As lentilhas devem ficar macias, porém sem caldo e sem se desmanchar.  Para tanto, é necessário manter seu cozimento  em grande quantidade de água. 

Doure o alho picadinho em 1 colher de sopa de óleo e refogue as lentilhas bem escorridas.  Prove o sal e tempere com um pouco de pimenta.

Misture bem as lentilhas (toucinho junto)  com o arroz já pronto e mantenha em local aquecido.  Frite no óleo bem quente as cebolas  cortadas em rodelas finas. Escorra em papel absorvente.  Devem ficar tostadas e secas.

Arrume o arroz com as lentilhas numa travessa e cubra com a cebola frita.  Polvilhe com um pouquinho mais de pimenta e sirva enquanto ainda está bem quente.

Deixe a coalhada em uma grande vasilha e cada um se serve da quantidade que quiser.

Facilitando as coisas

Faça o prato com antecedência.  Caso vá levar para algum lugar,  leve o arroz em uma travessa e as cebolas em outro recipiente.  Na hora  de servir, aqueça rapidamente o arroz no forno e cubra com as cebolas em temperatura ambiente.

Em restaurantes árabes,  esse prato é servido com coalhada.

Abaixo, excelente receita de coalhada que peguei na Internet. Não havia a fonte.

Colo o texto:

Observação:  O ideal é comprar um termômetro especial para laticínio.

A loja Agrototal tem esse termômetro. R. São Caetano, 216
Metrô Luz – 3322-0077 –  Dia 30 até às 18 hs e 31 até às 12 hs, segundo me informou o vigia.  Confira antes de se locomover até lá.  ( Confirmar antes de sair de casa – esse horário de funcionamento  é dos dias 30 e 31 de dezembro de 2009)

Todo mundo sempre fez coalhada sem termômetro, usando o seguinte critério.  Ferver o leite.  Desligar o fogo e esperar dez minutos.  Por o dedo no leite e tirar.  Quando conseguir manter o dedo no leite, é a temperatura certa.  Sempre brinquei que essa fórmula é para servir coalhada com pele de dedo, mas como no caso do provérbio – quem não tem termômetro que cace com o dedo!!

Se sobrar coalhada, deixe na geladeira porque dura vários dias.  Não se esqueça de separar uma quantidade para fazer da próxima vez.

De qualquer forma, tenho certeza de que você vai aprovar a coalhada e vai querer fazer sempre.  Vale mesmo a pena comprar o termômetro.  Não ganho comissão da loja, mas vale mesmo a pena.

COALHADA

Rendimento: 15 porções
 
3 litro(s) de leite
3 colher(es) (sopa) de iogurte desnatado comprado pronto.
 
 
Ferva o leite. Depois, desligue o fogo e deixe-o descansar até atingir a temperatura entre 52 e 54ºC. Junte o coalho e misture bem (com uma concha vá jogando a mistura de cima para baixo, para aerar bem). Transfira para a vasilha onde vai ser servida.  Tampe a   vasilha  cubra com um pano, para abafar bem. Deixe-a descansar por cerca de 4 a 6 horas. O lugar ideal é o forno desligado. Em seguida, leve à geladeira por cerca de 3 horas. Sirva com mel, açúcar ou a gosto.
Coalhada Seca:
Coloque a coalhada fresca (sem ir à geladeira) dentro de um saco de algodão com tramas bem fechadas (sobre uma bacia). Pendure o saco de uma maneira que o soro possa escorrer (ainda sobre a bacia). Deixe escorrer de um dia para o outro. Após esse tempo, a coalhada estará pronta para ser servida.

 ***************************

2 pensou em “Pratos com Romã e Lentilha para trazer sorte

  1. NUNCA VÍ TANTA GENTE IDIOTA QUE ACREDITA NESSAS BOBAGENS, E A MÍDIA TODA SE DELICIA COM TANTOS IMBECÍS, SERÁ QUE NÃO CONSEGUEM VER QUE O QUE COMEMOS OU O QUE VESTIMOS NA VIRADA DO ANO NÃO VAI INTERFERIR EM NADA NO ANO SEGUINTE, PARA VCS UM HUMILDE CONSELHO: Vá, recomeçe tudo, lute pelos seus ideais, faça sua parte com fé, e muita garra, pq ninguém e nada mais vai te trazer sorte, dinheiro, saúde, paz e amor, isto está dentro de cada um, apenas é preciso saber sentir, a felicidade pode estar tão perto que nos ofusca e deixamos de vê-la. COLOQUEM OS PÉS NO CHÃO.

    MAS PARECE QUE A COMIDA É BOA!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *