Todos pela Educação??? Mas e os Lápis sem Ponta???

Bonita, muito bonita e, provavelmente,  também muito dispendiosa  a publicidade que o governo faz na TV a respeito do ensino público.  Diz o locutor/a: Eu, você, todos pela Educação!!!

Pena que falhas, inoperância e descaso venham desde a base.

Prédios relativamente bonitos, modernos e bem construídos que abrigam algumas escolas públicas estaduais estão em péssimo estado de conservação.  Em uma escola da periferia da Zona Sul,  o que mais se vêem são pombas infectas (pleonasmo) por todos os lados e sujeira (me entendem???) cobrindo o pátio, muros e telhado. No recreio, a criançada no meio da sujeira.  Isso sem contar que algumas  vezes cachorros invadem salas de aula.  Higiene e saúde, por água abaixo!!!

Nessa mesma escola, crianças que estão começando a aprender a ler e a escrever quase  enlouquecem. O motivo??? 

É impossível escrever com o lápis que as crianças recebem.  Escreve, o lápis quebra a ponta; a criança aponta e  a ponta se quebra novamente.  Em  muito pouco tempo, o lápis desaparece, criança e professora ficam numa irritação só!!!  Dá para aprender dessa maneira???

As empresas que fornecem esses lápis de péssima qualidade deveriam ser multadas em quantias vultosas para  aprenderem a não brincar com coisa séria.  Afinal, não bastam(mos) eu, você, todos pela Educação se nem os lápis escrevem!!!

Autoridades, tomem providências!!!  Bordão do Boca:  o homem já chegou à Lua e o Estado/país não consegue(m) fornecer lápis que escrevam!!!  Que tal se ao invés de frases de efeito da publicidade oficial, as autoridades, isso sim, pegassem o pião da Educação na unha e realmente se empenhassem pela coisa.  Não dá mais para perder tempo.  São milhões de crianças e centenhas de milhares de professores se estressando ao invés de ensinar/aprender!!!

E cadê o Brasil, país de todos???

3 pensou em “Todos pela Educação??? Mas e os Lápis sem Ponta???

  1. Mayr,
    A ponta do lápis é somente a ponta do iceberg. Nossa Educação é uma piada. Os fatos que você relata se passam no esatdo mais desenvolvido da nação. Dai, dá para imaginarmos o que acontece no Maranhão, Piaui e outros estados menos desenvolvidos. Tem até professor analfabeto funcional. Por falar nisso, temos aproximadamente 34 milhões de analfabetos funcionais. Aquelas pessoas que não entendem o que lêem. Os professores não são capacitados, pois não têm uma boa formação acadêmica, não têm treinamento e nem vontade e compromisso em ensinar porque ganham mal e a remuneração não está atrelada ao desempenho. Há iniciativas louváveis esparsas aqui e acolá para um melhoramento efetivo do sistema de ensino. Assim o desenvolvimento da Nação está compremetido, pois somente através do ensino é que teremos os necessários futuros profissionais capacitados para enfrentar os desafios do mercado de trabalho.
    Ponta afiada do lápis e conexão rápida na Internet para todas as crianças, já!
    ************
    Caro Giordano:

    São inúmeros os problemas, mesmo quem não é especialista, como eu, sabe disso. Peguei apenas esses dois aspctos de uma determinada escola pq são mto absurdos. Agora, é exatamente o que vc disse, desse jeito, o desenvolvimento da nação está seriamente comprometido. Vai ver se crianças dos países que deram imenso salto de qualidade/produtividade passam por isso!!!

    Grande abraço
    Paulo Mayr

  2. Olá Paulo, tudo bem?
    Meu nome é Victor Kazuo Teramoto e trabalho no movimento Todos Pela Educação. O movimento TPE acredita que o Brasil só será verdadeiramente independente quando todos seus cidadãos tiverem uma Educação de qualidade. Partindo dessa idéia, representantes da sociedade civil, educadores, organizações sociais, iniciativa privada e gestores públicos de Educação se uniram no Todos Pela Educação: um movimento que tem como objetivo contribuir para que o País consiga garantir Educação de qualidade para todos os brasileiros.

    O Todos Pela Educação não é um projeto de uma organização específica, mas sim um projeto de Nação. É uma união de esforços, em que cada cidadão ou instituição é co-responsável e se mobiliza, em sua área de atuação, para que todas as crianças e jovens tenham acesso a uma Educação de qualidade.

    A atuação do movimento inclui o monitoramento da Educação, por meio do acompanhamento de suas 5 Metas e da divulgação de pesquisas, dados e informações relacionadas ao tema, a maior e melhor inserção da Educação na mídia, a articulação, o fomento ao debate e a mobilização da sociedade. Convido você e os seus leitores a conhecer as cinco metas no nosso site: http://www.todospelaeducacao.org.br/Metas.aspx?LocalID=0

    Acredito que o post acima foi referente a campanha da mobilização Eu, Você, Todos Pela Educação lançada no início deste mês pelo movimento Todos Pela Educação, e não pelo Governo. A primeira etapa da mobilização visa estimular e ampliar a participação da família na Educação de seus filhos e teve início com duas ações de comunicação. A primeira é a veiculação diária e em rede nacional do depoimento da atriz Cláudia Abreu na TV Globo. Nas próximas semanas serão divulgados os filmes da apresentadora Ana Maria Braga e da empregada doméstica Cilene Oliveira. Além delas, já gravaram Alexandre Borges, Letícia Spiller, Mariana Ximenes, Mauricio Gonçalves, Milton Gonçalves e Thiago Lacerda.

    Confira mais em:
    – Mobilização começa com campanha e futebol: http://www.todospelaeducacao.org.br/Comunicacao.aspx?action=2&aID=296

    – TPE e Fundação SM divulgam pesquisa inédita: http://www.todospelaeducacao.org.br/Comunicacao.aspx?action=2&aID=298

    – Blog da Mobilização: http://www.euvocetodospelaeducacao.org.br

    Grande abraço!

    Victor Kazuo Teramoto
    Todos Pela Educação
    ************

    Prezado Victor:

    Em primeiro lugar, perdão por demorar para responder. Não havia visto seu comentário, por conta de problemas de configuração no site.

    Legal, você escrever. Conte comigo e com o meu modesto site para o que vc quiser. Também aproveito e lhe faço um pedido: me ajude a fazer que o governo do Estado e setores competentes resolvam esses problemas que eu apontei. São coisas inconcebíveis e desumanas.

    Grande abraço

    Paulo Mayr

  3. Paulo Mayr!!!
    Os detalhes fazem a grande diferença!!!
    Se a matéria prima do aprendizado que é o lápis e sua ponta não estão em boas condições,imagina o conteúdo central que é o ensino básico fundamental.Isso é o nosso Brasil que os parlamentares tanto querem colocar como país de 1º mundo,só que enquanto tivermos problemas de educação ,como o exemplo deste seu artigo”Mas e o lápis sem ponta”,seremos sempre um país de 4º.
    Obrigado pela oportunuidade de me expressar…
    Cicero Gomes…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *