A torcida do Flu ainda enche uma van???

Lembro-me de ter ouvido que a torcida do Fluminense cabia em um fusca ou uma van. 

Hoje descobri que foi o Jô Soares, torcedor do clube, quem disse isso há algum tempo.  Pois bem,  o Fluminense continua firme em último lugar no Campeonato Brasileiro.

Considerando que Chico Buarque é outro torcedor e que Jô ocupa bastante espaço na van, pergunto:  precisamente, quantos são e quem são os torcedores do Flu???

Quando o Jô falou isso,  site fez enquete para saber se era mesmo verdadeira a afirmação.  A resposta vencedora foi: tem que ser duas vans: uma pro Jô e outra para a torcida…

6 pensou em “A torcida do Flu ainda enche uma van???

  1. Esse seu texto sem noção é alguma tentativa desesperada de chamar a atenção???
    Vá gastar seu tempo fazendo algo de proveito, um senhor que se preza ao ridículo desse jeito é de entristecer!
    É por isso que não se precisa mais ter diploma para ser jornalista!
    **********
    Prezado Lima:

    Vejo que tive sucesso. Minha desesperada tentativa de chamar a atenção conseguiu chamar a sua atenção.
    Tô satisfeito.
    Leia sempre o Boca, comente e divulgue!!!
    Abraços
    Paulo Mayr

  2. VOCÊ É O FAMOSO QUEM???? PRÁ FALAR UMA M…. DESSA TINHA QUE SER PAULISTA, TAÍ CONSEGUIU JÁ SEU MEIO MINUTO DE FAMA, DE REPENTE VAI CONSEGUIR QUE ALGUNS INCAUTOS COMO EU DESPERDICE UM TEMPO VINDO AQUI COMENTAR, SÓ ASSIM MESMO PRÁ TER COMENTÁRIOS, TÔ VENDO QUE SOU O ÚNICO A TI DAR UM TICO DE IBOPE, TALVEZ USANDO UM NOME CONHECIDO COMO O DO FLUMINENSE VOCÊ CONSIGA MAIS ALGUÉM PRÁ COMENTAR ALGO NESTE SEU BLOG CAIDINHO.
    COM ESTA CARA DE PAMONHA DEVE SER BAMBI TRICOLOR PAULISTA.
    AINDA BEM QUE O FLUMINENSE É COMPOSTO NA SUA TORCIDA DE PESSOAS INTELIGENTES QUE NÃO SÓ ENCHEM O MAIOR ESTÁDIO QUE É O MARACA NO RIO COMO ENCHEM GENTINHA COMO VOCÊ DE INVEJA, PESSOAS REALMENTE CONHECIDAS E TALENTOSAS TIPO JÔ SOARES, PEDRO BIAL, NELSON RODRIGUES, CHICO BUARQUE, JOÃO HAVELANGE, GILBERTO GIL, FERNANDA MONTENEGRO E TANTOS OUTROS QUE DEIXARIAM UM ZÉ NINGUÉM COMO VOCÊ ENVERGONHADO PELA TOTAL FALTA DE TALENTO, VOCÊ É TÃO MAL INFORMADO QUE É DIGNO DE PENA.
    GRAÇAS A DEUS NÃO TORCE PELO MEU FLUMINENSE MERECEMOS COISAS MELHORES.
    ********

    Prezado Osmar:

    Quem falou a história da torcida na Kombi ou na Van foi o próprio Jô Soares, torcedor do fluminense.

    Em tempo1, apenas reproduzi uma ou duas idéias que nem são minhas.

    Em tempo2, gostei quando você escreve: “sou o único a ti dar um tico de Ibope”. Ti dar, que idioma é esse???

    Leia sempre o Boca e comente sempre que queira. Em tempo: não sou sãopaulino. Sou corinthiano.

    Abraços

    Paulo Mayr

    1. Tá explicado é corintiano hahaha (inteligência limitada) o Jô falou isso da torcida do América RJ, antes de se apropriar de um “ouvi falar” procure se informar com mais detalhes prá não pagar mico, mais tá desculpado exigir isso de um corintiano é pedir demais, também sei agora o porque de não ter entendido o “ti dar”, é por isso que os outros dois como eu que tropeçaram aqui prá fazer o seu “sucesso” de três comentários rsss opinaram certo, deve-se repensar o diploma para jornalistas porque até uns que tem um canudo envergonham a classe, espero que consiga na próxima um sucesso maior do que apenas três comentários, foi a melhor piada do ano.
      Em tempo, só entrei aqui atraído pelo nome Fluminense, besteira eu só faço no máximo duas vezes fuiiiii.

      Prezado Osmar:

      Conforme já respondi para outro dos meus muito parcos leitores, eu conhecia a história de que a torcida do Fluminense cabia em um fusca. Aí, por ser pessoa honesta que gosta de citar a fonte, fui ver no google se havia algum registro de quem seria o tal comentário. Vi lá que era do Jô, onde também vi a outra gracinha que publiquei dos dois ônibus.

      Não sei também se você já percebeu que lá no comecinho do meu blog está escrito que o meu Blog foi eleito por Juri especial o segundo melhor blog de Variedades. Explico melhor: participaram 10.000 blogs da eleição. Foram escolhidos blogs em algumas categorias: política, esportes, economias. O meu foi eleito o 2. melhor blog pelo Juri Acadêmico como o segundo melhor blog na Categoria de variedades. È isso aí, meu caro.

      Concluindo, você termina dizendo fuiiiiiiiiiiii. Entretanto, tenho absoluta certeza de que você vai voltar a ler até mesmo para saber se respondi o seu comentário. E eu respondo. Eu não me omito e nem omito críticas que façam a mim.

      Abraços

      Paulo Mayr

  3. Agora entendo porque “jornalista” não precisa de diploma, quando a gente se depara com isso é que dá prá entender, até meu sobrinho de cinco anos escreve algo melhor, minhas condolências pro IG por ter um blogueiro deste.
    ************
    Vivi:

    Que sorte que eu tive de você não ser jurada do concurso de blogs que entre mais de 10.000 inscritos – em cerca de 10 categorias – classificou o meu em 2. Lugar (blogs de variedades Coorporativos).
    Repito: que sorte a minha!!!

    De qualquer forma, leia sempre, comente quando quiser e divulgue meu blog com seus rigorosíssimas considerações.

    Abraços

    Paulo Mayr

  4. Mayr,
    A sua escolha de escrever sobre o Fluminense talvez não tenha sido muito feliz a não ser pela forma bem-humorada do texto. Primeiro, porque vc escolheu chutar cachorro morto. Segundo porque vc citou o Jô como o autor, tentando se isentar. Além disso, o Jô, que é muito culto e inteligente, mas muito sarcástico com seus entrevistados e tem seu cenário, móveis, caneca, posição da orquestra e painel fotográfico ao fundo copiados do David Letterman, é muito antipático. Se vc me permite, vou sugerir algumas pautas para vc postar: 1. É a pré-sal viável economicamente com os atuais preços de mercado do petróleo? 2. Assédio religioso passível de criminalização? 3. Por que o Brasil que tem a mesma idade dos EUA não se desenvolve igualmente? 4. Globo e Record como concessões para informar e não para defender seus interesses.
    abraça-o
    *************
    Prezado Giordano, que já está se tornando leitor assíduo do Boca:

    Não é que eu tenha tentado me isentar, o que eu quis foi dar o crédito para a piada. Aliás, nem sabia quem tinha dito isso. No dia em que resolvi transcrever aqui a gracinha foi que descobri no Google (coisa do outro mundo de bom) que se tratatava de brincadeira do Jô.
    Quanto aos temas que você me sugere, agradeço. Entretanto acho que o público, inclusive o modesto público meu e de meu Boca no Trombone, dispõe de diversos meios que publicam textos bem elaborados e estudados a fundo a respeito desses importantes temas.
    Diverto-me mais e acho que o meu modesto público também quando escrevo detalhes insusitados a respeito dessas coisas periféricas.

    Grande abraço

    Paulo Mayr

  5. Carissimo Paulo Mayr!!!
    acabei de acreditar que jornalista sofre… e nem uma noticía ou enquete de uma poderosa fonte jornalistica( como o comentário sobre o fluminense que o Jô Soares fêz no seu programa noturno na rede globo)pode ser publicado,sem que cause problemas para o jornalista que públicou e acreditando com absoluta certeza que você em nenhum momento quis agredir ou ofender a grande nação do meu querido fluminense…
    Eu sou torcedor do Fluminense,moro em São Paulo e aqui eu torço para o Santos futebol Clube.Todos nós brasileiros sabemos que 3 assuntos não acabam bem quando discutimos com o próximo:”RELIGIÃO,POLÍTICA E FUTEBOL” e se pudermos evitar de discutir estes três assuntos temos muito a ganhar,mas eu tenho certeza Paulo Mayr que você fez este comentário do meu Fluminense sem qualquer maldade…
    Aqui fica meu simples comentário desejando aos torcedores do glorioso Fluminense o meu carinho e admiração….
    +++++++++++
    Caro Cícero:

    Você pegou bem o espírito do meu texto. Aliás, de meu não tem nada.
    Limitei-me a juntar duas gracinhas e deu essa polêmica. Agora que sei que vc torce pro Fluminense fico torcendo para ele não despencar para a segundona.
    Ainda que uma temporada na série B não mate ninguém.
    Vide o Corinthians que saiu de lá para arrasar em vários campeonatos em seguida.
    Grande abraço ao meu mais fiel leitor.

    Paulo Mayr, sempre com a boca no Trombone, “duela a quem duela”, como diria o nosso ex-presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *