Tom Jobim, os Não Banhos dos Ingleses e Viver no Brasil

A mera idéia de não poder desfrutar de ao menos um banho (de chuveiro, é lógico!!) por dia, como se viu, nos causa imenso desconforto.

Aqui no Brasil enfrentamos mazelas de tudo quanto é tipo – entre outras,  políticos e empresários, inclusive empresárias dondocas socialaites,  de caráter e comportamento (que adjetivo usar???- Você decide!!).

Mas quase sempre sob um sol e clima maravilhoso – e de banho tomado. Isso faz diferença fabulosa!!!

Tom Jobim definiu com sapiência a coisa.  Dizia ele:

Viver no exterior é bom, mas é uma merda.  Viver no Brasil é uma merda, mas é bom.”

A discussão continua aberta aqui no Boca no Trombone.  Manifeste-se. Faça uso do Trombone.  Vale falar de tudo: políticos, banho, falta de banho, dondocas socialaites na cadeia.

Quem quiser sugerir adjetivos para colocar ali onde eu deixei espaço também pode se manifestar.

Parodiando anúncio: Vem pro Boca Você também!!!

1 pensou em “Tom Jobim, os Não Banhos dos Ingleses e Viver no Brasil

  1. Depois de ler sobre os ingleses, percebi que não havia tomado banho. Criei vergonha e fui para o chuveiro. How shameful one is to be malodorous! Ach! Ou eca?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *