SAPO COM SABOR DE LAGOSTA

Não entendo quase nada de política, graças a Deus.  Mas sei que Serra e Alckmin são do mesmo partido – tucanos – do PSDB. Daqui para frente, vão dados que talvez comprovem que não conheço mesmo política e posso citar coisas imprecisas.  Embora do mesmo partido, nas últimas eleições, Serra demonstrou muito mais simpatia e até empenho pela candidatura de Gilberto Kassab a prefeito do que pela de  Alckmin.  A Folha de hoje traz um quadrinho com título:  Divisão Interna – Serra e Alckmin estiveram em lados opostos desde 2002.  No quadro, estão enumerados os fatos.  Leitura pouco emocionante,  por isso, passo a diante.

Ontem Serra anuncia que Alckmin será seu Secretário de Desenvolvimento.

Não entendo de política, mas de frases entendo um pouco, sem falsa modéstia.  Lá vai uma minha a respeito de política, feita a partir de outra frase de domínio público, que, aliás, já mostra que política é mesmo coisa bem  esquisita.  Só o complemento após as aspas é meu:  “Política é a arte de engolir sapos”, com cara de quem está saboreando lagosta.

Em tempo, na foto da página A4 de Hoje da Folha , os sorrisos de Serra e Alckmin são enigmáticos.  Fica a pergunta:  Ambos estão a engolir  lagostas ou sapos???

4 pensou em “SAPO COM SABOR DE LAGOSTA

  1. Cada cabeça ha uma sentença, politica e assim mesmo, um dia voce engole sapo no outro voce engole lagosta,o que vale e se manter na camada de cima.

    abraços
    *********
    Prezado João:

    Vc disse tudo: para eles, o que vale é manter-se na camada de cima.
    Obrigado por seu comentário.
    Grande abraço

    Paulo

  2. Quer dizer que o Estado de São Paulo terá ”dois governadores”?
    Para implantar tantas praças de pedágios, precisa de tanto?
    E a criminalidade que está tomando conta do estado, os crimes estão ocorrendo às barbas do governador, vejam a favela paraisópolis tão proxima ao Palacio.
    ********É o que parece, não é mesmo???
    Aliás, não dá para negar que a qualidade das rodovias melhorou bastante, mas a um custo altíssimo para o usuário. O que se paga de pedágio em qualquer viagem curta pesa e pesa muito!!!

  3. O que se arrecada no sistema Anchieta-Imigrantes, (uma fábula) e o carnaval está aí, vamos ver as quilométricas filas nas praças arrecadadoras, daria para instalar iluminação pública nas duas rodovias, em ambos os sentidos, dar ao usuário um seguro de vida e material, quando dos acidentes, não só a conservação do leito carroçável e um atendimento de remoção até a próxima saída. O policiamento é feito pela PM, os socorros mais graves que demandem de transporte aéreo também, o que é pago pelos impostos da polulação.`É muito dinheiro, são 60 km com uma taxa de quase R$ 20,00 por eixo. Agora estão planejando também pedagiar no perímetro urbano. Vamos pagar para termos nossos veículos submersos e pior, ”em nome do meio ambiente”. Nem os bueiros das grandes venidas são desobstruidos! Não vejo os principais veículos de comunicação (telejornais) informarem a população sobre a arrecadação monstruosa desses pedágios. Nem sei se as obras nas rodovias (pontes, acostamentos, marginais, etc.) são custadas pelas concessionárias, pois, lá estão as placas do governo.
    É isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *