ELES NÃO SÃO DE FERRO

De 15.08.07

A coisa, ao que parece, é muito simples.

O senador escala dois empresários: um paga as contas da casa oficial no Estado de origem; o outro, as contas da casa “oficiosa” em Brasília.

Aí, ele tem a “mente e o coração tranqüilos” para fazer, tal qual Jesus Cristo, o milagre da Multiplicação. Não a multiplicação dos pães. Alguém lá tá interessado em multiplicar pão??? É a multiplicação dos Chevettes!!!

Em pouco mais de duas décadas, o Chevetinho, um dos principais itens da declaração de bens de outrora, transformou-se em sólido patrimônio com emissoras de rádios, fazendas, entre outros bens. Aliás, nessas fazendas são criados os bois mais valorizados do país,

O salário de parlamentar??? Ah, o salário fica só para as noitadas nos bares e restaurantes de Brasília. Com a Oficiosa, ou até mesmo só com os outros parlamentares, porque, afinal de contas, muito mais do que de mulher, político gosta mesmo é daquela conversinha que não termina nunca. Variar de cenários para bater papo é saudável. Afinal, ninguém é de ferro.

Pelo jeito, eles são mesmo é de níquel!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *