Imensas Pingas, Imenso Tombo

Logo mais, Fórmula 1 no Brasil.

História espetacular de parente próxima minha relacionada ao tema e mistério envolvendo essa mesma parente.

Sempre muito bonita, sensual, e na Vanguarda. Sempre! Desde os quinze, dezesseis, anos de idade. Foi uma das primeiras mulheres a usar mini-saia em São Paulo. Aliás, mini-saias muito generosas.

Quando o musical Hair chegou ao Brasil, aí já devia ter uns 20 anos, ela posou nua para o cartaz da Peça, uma foto em auto-contraste (não sei se é esse o nome técnico correto), em que os traços do rosto não ficavam muito bem definidos.

Descolada, foi aos treinos da Fórmula 1, nos boxes, naturalmente, em Interlagos, no final dos Anos 70. O piloto, François Cevert, considerado o homem mais bonito do mundo, que viria a morrer um ou dois anos depois, encantou-se por ela. Resumindo, acabaram transando.

Infelizmente, não foram só grandes pingas (glórias) na vida dela. O imenso tombo: há alguns anos, está desaparecida. Ninguém sabe notícia alguma a seu respeito. Com frequência, lembro-me dela e faço pensamento positivo. E se ela não estiver mais viva, que, de vez em quando, com certa regularidade, lá no Céu, dê uma transadinha com o François Cevert!

Resultado de imagem para françois cevert

2 pensou em “Imensas Pingas, Imenso Tombo

  1. Paulo sempre encantando com seus contos. Você é maravilhosamente criativo . Rendo-me sua encantos desse conto. O Cevert como padrão de beleza doeu. Ui. No mais perfeito para mim

    1. Elizabeth:

      Não é conto. Aconteceu com minha parente próxima.

      Legal, cê ter gostado.

      Boa semana para vc. Se possível, com George Clooney!
      Beijos
      Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *