Mundo transformou-se nisso.

Dois bons eletricistas,  indicados por amiga,  vieram fazer pequenos consertos na minha casa.  Um deles foi comprar  peça que faltava na Santa Efigênia.  Aliás, já tinha ido uma vez e não trouxe tudo.   Pois bem, o outro, enquanto esperava o companheiro, não teve dúvida: estatelou-se no meu sofá e começou a bater papo ao viva-voz.

Meu escritório em casa não tem porta.  Assim, fui fazendo minhas tarefas do dia a dia com agradabilíssimo fundo sonoro  de ele e a mulher planejando a viagem pro carnaval.

E durma-se com um barulho desses.  Digo, trabalhe-se  com barulho desses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *