Se é verdade ou não…

Se são verdades, eu não sei. Se forem, é absurdo.

Tampouco sei onde teriam acontecido os fatos  nem quando.

Como se vê,  dos famosos cinco w do jornalismo (em inglês) quem, quando, como, por que e onde, fundamento básico para quem quer dar qualquer notícia,   eu não consegui colocar ao menos um, apenas fotos.racismo1Tradução: Essa é a maneira como se  prende um homem branco que matou nove pessoas e esse é o modo como se prende um homem negro por estar vendendo cigarros.

4 pensou em “Se é verdade ou não…

  1. A elite branca americana não tolera Obama; as coisas têm acontecidos para que essa mensagem sempre fique muito clara. Ou você prefere o policial branco com traseiro de duzentos quilos sentado na magrinha mocinha negra de 17 anos?

    1. Caro Clérson:

      Não entendi o que vc quis dizer, nessa frase: “Ou você prefere o policial branco com traseiro de duzentos quilos sentado na magrinha mocinha negra de 17 anos?”. De qualquer forma, as fotos, se não forem montadas, são absurdas. Não sou a favor de dar porrada no assassino branco, sou a favor de que culpados sejam punidos, mas tudo com decência, sem tortura, sem violência.

      Abraços

      Paulo Mayr

  2. Mayr, desulpe, pensei que você tivesse visto o policial branco com o traseiro de 200 quilos sentado em cima da mocinha negra, magrinha, de 17 anos, algemando-a porque segundo ele, ela estaria fazendo muito barulho. Valentão por cima de quem nem tinha como se defender. Postura do verdadeiro covarde. A foto, de uns 15 dias atras, correu pela internet. Mas é isso ai… se você viu o filme “Selma”, concorreu Oscar 2015, deve se lembrar de que é uma história de M. L King na cidade de “Selma”, no Alabama. Nesse filme, um flash de 30 segundos noticia a morte por atentado a bomba que matou 4 criancinhas dentro de uma igreja de negros. O (ou os) culpado(s) nunca foram descobertos, porque a policia americana nunca se empenhou em descobrir. Embora digam que os verdadeiros culpados ainda hoje (impunes) dão risadas. Isso num pais que apresenta o CSI ou NCSI, e outras maravilhas da investigação. Por que não apresentam os culpados das mortes das crianças negras? O racismo é um ingrediente presente na américa e, também, no Brasil. Infelizmente. Fique com Deus e bom final de semana

    1. Clerson, meu caro:

      É triste mesmo ver a diferença como são tratados negros e brancos; ricos e pobres, bem e mal vestidos. De qualquer forma, aqui no Brasil e, quem sabe, e até nos EUA, talvez seja muito mais uma questão de grana do que de cor. Simonal dizia: onde preto pobre não entra, branco pobre também não entra. Eu imagino que ele estivesse certo.

      Bom domingo

      Grade abraço e obrigado pelos comentários oportunos de sempre.

      Paulo Mayr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *