Sempre se dá um jeito, “o importante é estar conectado”.

Na sala de espera do dermatologista,  mulher estava com a mão direita  dentro de uma espécie de um saco de pano  apoiada sobre o braço da cadeira.  A mão direita tinha que permanecer em repouso protegida pelo tal saco.

Sobrou a outra  mão para ela ficar no smarthphone e ela não teve dúvida.  Quando ela foi tentar fazer uma ligação, a recepcionista mostrou o aviso de que era proibido o uso de celular.

Nos dias de hoje, acho que as pessoas só não usam celular em uma única circunstância: se estiverem com as duas mãos e  os dois pés amarrados e com um esparadrapo na boca.  Disse em uma única circunstância, porque as três coisas precisam acontecer ao mesmo tempo.  Caso sobre uma mão ou, até mesmo, um pé…

Em que inferno se transformou  o mundo!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *