156 – O Telefone do Inferno Burocrático e Enlouquecedor da Prefeitura

Quem já ligou 156 da Prefeitura de São Paulo e conseguiu ser  atendido em menos do que meia hora ganha um doce.  Quem insistiu, merece ser santificado.

Estou levando todos os tipos de bailes possíveis.  Musiquinha que não pára, de repente, começa a tocar um sinal de que o telefone está chamando;  você se anima, mas volta a musiquinha; mais musiquinha, e, em seguida,  a ligação cai.

Insisto. Muito tempo depois, uma atendente de carne e osso.   Experiente, peço a ela se eu posso lhe fornecer meu número de telefone para ela telefonar de volta, caso a ligação caia.  Ela diz que não.  E muitas vezes a ligação cai mesmo.

O que tenho a dizer é simples e precisa de providências imediatas, já que,  de certa forma, a irregularidade que denuncio pode causar desastres automobilísticos sérios.  Com a mesma clareza que eu escrevo, eu falo, e a mulher demora uns quinze minutos para começar a me entender.

Pedi a ela que me ligasse para me informar as providências que seriam tomadas.  Ela me diz que não pode ligar.  Se quiser, eu que tenho que telefonar, dar o número do protocolo e levar outro baile.

O que tinha a denunciar   é/era   sério.  Ao todo,  fiquei uma hora e meia ao telefone.  A atendente  ainda não me havia me dado o número do protocolo de atendimento e a ligação caiu, exatamente como eu previ, logo no segundo parágrafo.

Fui obrigado a ligar de novo.  Nada de ser atendido por gente de carne e osso.

Insisto e falo com nova atendente. Tudo o que foi dito no telefonema anterior foi perdido, já que não foi gerado número algum de protocolo.

Depois de 15 minutos, a nova atendente informa que eu teria que ligar para outro órgão público, pois  não era da alçada deles resolver o meu  tipo de problema

Liguei para o outro órgão, fui bem atendido, informaram-me que vão resolver a irregularidade, mas que os autores da irregularidades não receberão qualquer multa, embora tenham colocado em risco a vida de motoristas, ciclistas e motociclistas.

E assim caminha, ou não caminha, a solução dos problemas do munícipe.  Suponho que qualquer tipo de problema de todos os munícipes!!!

Se pelo menos eu for santificado daqui a uns cinquenta anos, já que insisti na ligação…

4 pensou em “156 – O Telefone do Inferno Burocrático e Enlouquecedor da Prefeitura

    1. Afronta que não tem tamanho. Sim, os telefones dos Sacs são assim mesmo. Queria ver os políticos, grande empresários se tivessem que enfrentar todos esses percalços que nós enfrentamos!!! Mas eles têm diversas secretárias e quem faz isso é a sub da sub da sub da secretária deles.

  1. Trabalho nesta central como atendente há 1 ano, esse problema que relatou é apenas um deles, há diversas irregularidades que vai desde a licitação do contrato da Prefeitura de São Paulo com a terceirizada Call Tecnologia para realizar o atendimento quanto por parte da Prefeitura e dos órgãos em resolver os problemas dos Munícipes, estava escrevendo um blog para denunciar o que ocorre dentro da Central 156, porém ele esta sem atualização por falta de tempo da minha parte. Deixo o link dele para que possa visitar seu único post: http://156pmsp.blogspot.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *