Vacinar ou Não Vacinar – Eis a Questão???

Na Folha de São Paulo do último  domingo, matéria sobre pais que não estão vacinando seus filhos de acordo com o que prevê o calendário.  Muitas das crianças que não tomam vacina acabam pegando a doença.

Na minha classe no primário, Francisco, que se tornou dos meus melhores amigos da escola, era paralítico.  Seus pais haviam lido que a mesma  vacina havia causado problemas e, conscientemente, não vacinaram  o filho.  Morreu nos segundo ou terceiro ano do Ginásio, já não mais estudávamos na mesma escola.

Tivesse eu filhos, conversaria muito com médicos a respeito dos riscos da vacina, mas, dificilmente,  optaria por não vaciná-los.  Imagine o remorso.  E óbvio, muito pior do que o remorso do pai, é uma criança com paralisia.

Uma passagem de Francisco, lembrei-me agora.

Quinze minutos antes do fim do dia letivo, uma campainha tocava três vezes.  Francisco dizia:

–  O melhor momento da semana é quando toca a segunda campainha às sextas-feiras.

 

 

1 pensou em “Vacinar ou Não Vacinar – Eis a Questão???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *