Maçã Doidona

Se ao invés de “agro”tóxico, fosse colocada a mesma quantidade de “homo”tóxico” na maçã produzida para crianças, com nome de personagem do universo infantil, que comi ontem,   cada mordida   levaria a gurizada a horas de barato total.

Parodiando o provérbio inglês, an apple a day  Keeps the doctor away. (uma maçã por dia mantém o médico longe),  Maçãs vendidas livremente com a quantidade de “homo” tóxico igual a que eu comi ontem sepultariam definitivamente a cracolândia.

De qualquer forma, comprei um saco com diversas maçãs pequenas.  Estou comendo uma agora que está ótima.  Ainda bem, caso contrário um câncer já estaria dilacerando meu aparelho digestivo

2 pensou em “Maçã Doidona

  1. Paulo nosso organismo nao foi feito para ingerir agrotoxico, uma dica, nunca compre e consuma frutas, verduras e legumes brilhantes, bonitos e com o tamanho maior. Esses com certeza contem muito agrotoxicos, va de organico. Abraco. PS. Por celular nao consigo por acentos.
    +++++++++++++
    Caro Júnior:

    Boas dicas. Valeu mesmo.
    Abraços
    Paulo Mayr

  2. Passando para um “oi”. Lendo e relendo suas publicações… Ótimas, como sempre, mas me parecem levemente temperadas com impaciência e aversão à humanidade… kkkkkk Ok, concordo com você! Que partam deste mundo os “búfalos de duas patas” e as maçãs com agrotóxicos”! Afinal, quem precisa delas? E inclua no pacote a Globo e os BBB’s, o funk (não o de verdade, mas essa coisa de “nóis convida porque sabe que elas vem…”. Abração e um pouco de doce… 🙂
    +++++++

    Cris:

    Muito legal ler comentário seu e saber que vc está lendo e até relendo… Sem contar o elogio.

    Não, não tenho impaciência com a humanidade. Ontem mesmo fui tomar chopp com um amigo novo, que nem conhecia até o chopp e foi ótimo. Mas algumas pessoas …

    Quanto à Globo, adoro o teleteatro (não novelas).

    Sobre música, talvez em todos os gêneros haja música boa e música ruim. Ainda sobre música, o que eu detesto mesmo é a compulsão por música que existe hoje em dia; não há um único lugar sem música… Verdadeiro inferno.

    Abração (fique sossegada, continuo doce com a imensíssima maioria da humanidade)

    Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *