2 pensou em “IMOBILIDADE URBANA – Frase

  1. De fato, triste. Muito triste. E sendo realista e não pessimista, sabe-se lá, quanto tempo ainda irá passar…
    ++++++++

    Maria Inês:

    Quando consigo não andar de carro, tenho um dia bem mais feliz. Falei o óbvio, mas é isso.
    Tenho outra frase a respeito.
    No instante final, um anjo deveria vir nos avisar de que seríamos ressarcidos de todo o tempo perdido no trânsito.
    Beijo
    Paulo Mayr

  2. Paulo me veio uma questão, com esses engarrafamentos gigantescos em São Paulo e pessoas ficam dentro de seus carros por muito tempo sentados, não poderia ter problemas vasculares futuros? Sou leigo no assunto, se eu tiver errado me desculpem.
    ++++++

    Caro Júnior:

    Sinceramente, não sei responder. Mas suponho que ficar muito tempo no carro deve ocasionar uma série de problemas.

    Abraços

    Paulo Mayr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *