Boxe, Violência com Charme; UFC, Violência Tosca

Boxe é legal, tem charme; já teve Cassius Clay, Mike Tyson, Éder Jofre,  Sugar Ray Leonard, Miguel de Oliveira e até o nosso folclórico Maguila, sem contar Marcel Cerdan que conquistou de forma inapelável o coração de Edith Piaf.  Agora, UFC, Ultimate Fighting Championship …, pelo amor de Deus.  Apenas  violência absurda. Não me lembro de ter assistido a uma luta inteira.

Nosso lutador Anderson Silva é sujeito simpático e curiosamente tem uma vozinha fina.

Mas cê teria coragem de fazer uma graça a esse respeito frente a frente com a fera???

Só de pensar nisso, eu me esqueço de que sou frasista. Como diria Chico na música Cálice, Pai, afasta de mim essa hipótese (de fazer uma brincadeirinha com a voz do Anderson na frente do Anderson).

Hoje, pela primeira vez, vou me empenhar com afinco para assistir à luta.  Torço pela vitória do Anderson; mas, sobretudo, pela integridade física dos dois.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *