Itaú, qual é o Seu Negócio??? Banco ou Alugar Bicicleta???

Bike Sampa – está no Site do  Banco Itaú :  “É um projeto de sustentabilidade da Prefeitura de São Paulo em parceria com o banco Itaú e as empresas Serttel/Samba”

É também em nome da Sustentabilidade ,  segundo me informaram funcionários da Agência do Itaú da Av. Faria Lima, entre a Av. Rebouças e Rua Pinheiros, que não existem mais grampeadores nas agências.  .  Ontem fiz um depósito em dinheiro no caixa dessa  Agência para pagar uma conta.  O Recibo  é um pedacinho de papel amarelo de 7,5 cm por 6 cm. É impossível não perder o tal micropapelzinho solto entre outros documentos.  Peço um Grampeador. Não há grampeador  porque  vai contra a SUSTENTABILIDADE.  Quanto ao bem-estar e segurança do Cliente para guardar o tal micropapelzinho, que significa dinheiro,  parece, o Itaú tá pouco se lixando.

Agora, sabe quanto o Itaú faz o sacrifício de receber, de se remunerar,  em nome da Sustentabilidade no Projeto Bike Sampa???

Tente adivinhar.

Vou dar uma idéia, ou ordem de grandeza.  Um imóvel alugado mensalmente  a 1% de seu valor estará muito bem alugado e o seu proprietário vai sorrir de orelha a orelha os trinta dias do mês.  Ou seja, em 100 meses, teoricamente, o imóvel estaria pago.  100 meses, são  8 anos e quatro meses.

Uma bicicleta CALOI Andes aro 26 com suspensão dianteira e 21 marchas, com frete incluso, para Rio e SP, na Casas Bahia custa R$ 449,00.  Quiser conferir, clique

O Itaú é bonzinho  e o Eco sustentável que sair pedalando por aí no domingão a Bicicletinha fazendo propaganda do Banco não paga a primeira meia hora.  A partir daí, cada meia hora custa R$ 5,00.  É isso mesmo, R$ 5,00 que o eco sustentável e politicamente correto vai pagar.  Imaginando-se que a bicicleta do Itaú, que não tem 21 marchas, mas apenas 3,  custasse os mesmos R$ 449,00.  A bicicleta do Itaú se paga em 44 horas e 54 minutos.  Digo 45 horas e 24 minutos, já que, generosamente, a primeira meia hora não é cobrada.

Está certo que ter  retorno do Capital em 45 horas e 24 minutos  é o melhor investimento do Universo.  Agora, Itaú, será que pega bem  Banco explorar aluguel de Bicicleta????

+++++++++++++++++++

Embaixo de cada post aqui no Boca está(ao) a (s) categoria (s) a que pertence.  Esse aqui, além da Categoria Absurdos, também vai para a Categoria  Piada; piada de mau gosto, mas é uma piada…

6 pensou em “Itaú, qual é o Seu Negócio??? Banco ou Alugar Bicicleta???

  1. Paulo, sabe quem paga o aluguél e o cafezinho dos bancos, nós. Além de andar de bicicleta e manter a forma, voce deixa eles mais ricos.
    Cada qual em seu lugar, banco é banco e loja que vende bicicleta é loja.

    abraços.
    +++++++++++++

    Caro Júnior:

    Essa história do aluguel de bicicletas, para mim, é inconcebível.
    Quanto ao cada qual no seu lugar, trabalhei com um homem muito simples e quando eu queria fazer todas as tarefas que havia, ele dizia:
    – Paulo, goleiro não bate pênalti.
    Acho que eu já tinha um espírito de Rogério Ceni.
    Agora, banco alugar bicicleta e a esse preço….

    Abraços

    Paulo Mayr

  2. Em épocas, em que esta na moda programas de sustentabilidade em todo o mundo,as empresas se aproveitam de tudo e de todos,para aderir a tais projetos.Quanto ao Itaú,que sempre admirei,como um banco de boas referencias no Brasil,é de se admirar tal projeto de “Alugar Bicicletas”,que na minha opinião…não passa de pura política e oportunismo.
    +++++++

    Caro Cícero:

    É isso aí. Não dá para entender banco alugando bicicleta, dá???

    Abraços

    Paulo Mayr

  3. É o preço de um pais CAPETAlista. Os antigos diziam sempre, quando o santo é muito bom, desconfiem…..
    ++++++
    Caro Júnior:

    Bota CAPETAlista nisso. Engraçado também é o slogan do Bradesco (aliás tradução literal de coisa americana): Nós acreditamos em Deus. Como diz meu pai, se acreditassem em Deus, não iam ser banqueiros.
    Usura é das atividades que a religião mais condena!!!

    Mas a rentabilidade da bicicletinha laranja com bandeirinha do Itaú, tô pra ver igual!!!

    Abraços

    Paulo Mayr

  4. O texto está um pouco equivocado. Itaú não aluga as bicicletas, somente patrocina o Projeto. As responsáveis pelo compartilhamento é a SAMBA/SERTTEL.
    ++++++

    Caro Janduí.

    Veja o site, veja as bicicletas. O que se pode concluir???
    Hoje em dia inventam essas palavras, como a tal de compartilhamento. Tudo muito complicado, muito enjoado.
    Em tempo, as responsáveis pelo compartilhamento é??? Foi isso mesmo que vc quis escrever???
    Palavra, sendo generoso, sofisticada – compartilhamento – ao lado de “responsáveis é” fica esquisito, não fica??? Aliás, é tudo esquisito, sujeito pagar esse preço astrônomico e ainda sai pedalando e propagandeando o Itaú. E mais, gente, como você, achando tudo normal.

    Abraços

    Paulo Mayr

    1. O que posso concluir é que mais uma vez patrocínio é bem diferente de prestar o serviço. Entre no site do projeto http://www.mobilicidade.com.br/bikesampa.asp e na página Sobre o Bike Sampa = “O Sistema de Bicicletas Públicas Bike Sampa visa oferecer à cidade de São Paulo uma opção de transporte sustentável e não poluente. Implantado e operado pelas empresas Serttel/Samba apoiadas pelo Banco Itaú”.

      Outra coisa, se o usuário respeitar as regras do serviço, ele pedala de graça sim. O problema é que o brasileiro não gosta e não respeita regras, e gente, como você, acha isso normal.
      ++++++++

      Caro Janduí:

      Oferecer bicicletas???? Oferecer cobrando, praticamente, R$ 10,00 de aluguel por hora de algo que não custa nem R$ 450,00 (o preço de bicicleta mto superior)??? Meu Aurélio Eletrônico tem 16 “sinônimos”/explicações no verbete oferecer. Bati os olhos e não vi nada a respeito remuneração. Todos os significados, pela batida de olhos que eu dei, implicam em generosidade (sacrificar-se, dedicar-se e por aí vai). Certamente o dicionários que você e o Banco usam é outro.

      De qualquer forma, se vc quiser continuar a debater, com o nível que vc vem mantendo, legal!!!

      Abraços

      Paulo Mayr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *