Senhas e Filas Para o Inferno

Senha é sinônimo de Fila.

Estamos de acordo???

Você acredita que em um Banco Oficial de Pinheiros há fila para pegar senha?

Ou seja, é uma metafila: o cidadão tem que pegar uma fila para ter direito a enfrentar nova fila.

É mais ou menos como você morrer, não ir para o céu e ainda ter que pegar uma fila antes de entrar no  Inferno.

Voltando ao Inferno dos vivos.  Depois de duas filas e vários minutos de espera, finalmente, chega a sua vez.  Você está tratando do seu assunto.  Toca o telefone do funcionário do banco  que, naturalmente,  atende e começa a resolver o problema de quem está do outro lado da linha e não esperou um segundo sequer.

Lembrando minha professora de francês:  a lei que limitava o tempo de espera para ser atendido nos Bancos não pegou!!!

São esses aborrecimentos da nossa rotina  que tornam a vida na Terra (pelo menos no Brasil) aventura suportável apenas para aqueles  que tenham paciência de monge.

Se quiser ler mais sobre falta de consideração de Bancos com Clientes,    Clique aqui

E sobre paradoxo inacreditável,  Clique aqui

2 pensou em “Senhas e Filas Para o Inferno

  1. Filas…Filas..Filas…estou fora!!!
    Sou inimigo de filas,principalmente se for fila para menosprezar os clientes.Prefiro não realizar o serviço,mas não pego filas kilométricas.Os bancos fazem pouco caso da lei que proibi filas por mais de 30 minutos.Dizem eles que:a lei proibi filas por mais de 30 minutos,e que eles não estão nem aí e quem se achar no prejuízo,que procure as autoridades competentes,pois eles já sabem que não sofrerão represárias da fiscalização.
    “Quem pode manda e obedece quem tem juízo.”
    ++++++++

    Caro Cícero:

    É mesmo uma falta de respeito.
    Você leu??? Clique aqui
    É inacreditável. Na verdade, afronta!!!

    Abraços
    Paulo Mayr

  2. Fique na fila por mais de 30 minutos, e va ao caixa e peça a ele carimbar seu tiket, deixe nas mãos de um advogado.
    ++++++

    Caro Júnior:

    Só mesmo rindo!!!
    Abraços
    Paulo Mayr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *