Sem Violência Contra os Animais – Mas Que Animais e Donos Respeitem os Cidadãos

Está prevista para amanhã às 10 hs, em frente ao Masp, na Av. Paulista, manifestação contra a violência com animais. O protesto tem até título pomposo:  “Dia da manifestação Nacional: Crueldade Nunca Mais”.

Não gosto de animais domésticos .  Mas não maltrato, em hipótese alguma.

Muito pior do que não gostar, é comprar filhotinhos lindos de cães e gatos.  Quando eles ficam velhos, os donos os largam por ruas e parques.  No Parque da Água Branca,  há placas pedindo que não se abandonem gatos ali.

Donos de bichos domésticos, principalmente cachorro, precisam saber que nem todo mundo gosta de cachorro.  E que todo mundo tem direito de andar na rua sem que cachorros venham cheirar suas canelas.  Precisam saber também que o cachorro tem que andar junto de si.  O que mais se vêem  são essas coleiras elásticas na mão do dono.  O dono,  junto aos muros fronteiriço das casas ou portas do comércio.  Já o pesoço do bicho está lá na rua.  Entre eles, a coleira impedindo  os pedestres de passar, e se passar, ainda ser ameaçado pelo cão, o que está com o pescoço na coleira.  Se reclamar, muito provavelmente, o que está na outra ponta da coleira vai querer brigar.

Finalmente, precisam se dar conta  de que civilizado e moderno e cidadão  não é sair com um saquinho para recolher merda de cachorro, mas sim fazer que ele cague em casa.  É bíblico: quem pariu Matheus que o embale.  Quem inventou de ter cachorro que limpe a merda e o mijo em casa.

Como já deu para perceber, detesto termos excretivos, mas,  para tratar desse assunto, não há como  ser elegante.   Quando donos de cachorros forem civilizados, ninguém vai precisar abordar esses temas.

Antes de comprar seu próximo bichinho, pense em tudo isso.  O enredo anterior do vídeo que  correu o mundo na Internet da mulher maltratando o cachorro, certamente é mais ou menos assim:  o filhote era bonitinho, foi ficando velhinho,  não parava de sujar a casa e soltar pelos e a mulher se irritanto, se irritando e, se irritou de vez…  E o mundo ficou indignado…

Quem é que é legal, piedoso e gosta de animais:  os que compram filhotinhos lindinhos e os espancam ou abandonam ou eu que assumo que não gosto e apenas não quero ser incomodado por eles???

Veja o vídeo e pense MUIIIITO!!!  Clique aqui

9 pensou em “Sem Violência Contra os Animais – Mas Que Animais e Donos Respeitem os Cidadãos

  1. Caro Paulo:
    Obrigado pela divulgação do evento.
    Gostaria de acrescentar que outros objetivos do Encontro estão relacionados com os animais de criação para consumo humano e, principalmente, a forma de abate, assim como animais que são usados (o mais correto seria abusados) pela indústria farmacêutica.
    Necessitaríamos de um outro “Copérnico” para nos mostrar que o ser humano não é o centro do Universo… afinal não faz muito tempo que os negros e os indígenas eram considerados como seres sem alma!!!
    ++++++

    Caro Armando:

    Então, já puxando brasa para minha sardinha, seria legal se na manifestação também fosse falada alguma coisa que eu abordei no texto, como direito que temos de andar pelas calçadas livres de coleiras elásticas, de cães cheirando nossas canelas e sem ter que desviar de merda de cachorro. Digo que seria legal não para divulgar o meu blog, mas sim para que eu me sinta mais cidadão nessa cidade onde nasci e estou desde o 4. Centenário e por isso me chamo Paulo.

    Por uma cidade civilizada!!!

    Sucesso amanhã!!!!

    Abraços

    Paulo Mayr

  2. Caro Mayr,tal dono,tal cachorro.Tive cão que ao defecar na rua escolhia um arbusto e abaixava a cabeça,envergonhado,no ato.Ele desde pequeno,quando morávamos em casa ,aqui em BH,corria para o fundo do quintal,sem que ninguém o houvesse ensinado.
    Voce não calcula a quantidade de “matéria excrementícia”(como prefere o Rubem Fonseca) de cachorro que encontro no caminho até minha casa,aqui no Castelo,cachorros em companhia de donos tão deseducados como eles próprios.Os cães,como as crianças,são fruto da educação que recebem,e como ninguem pode dar o que não possui…
    Ainda assim,me junto em pensamento á “Marcha” .Abraços do Pawlow
    ++++++

    Caro Fernando:

    A questão é simples: cachorro tem que cagar em casa. Se sair na rua, tem que ficar na coleira colado ao dono. E cachorro não pode entrar em bares, padarias e etcs.

    Mas, infelizmente, virou tudo de cabeça para baixo.

    Aliás, se um cachorro começa a latir e não deixa ninguém dormir, segundo ouvi dizer, não adianta vc reclamar para o síndico, para o delegado. Tem que reclamar para a associação de proteção aos animais porque, se o cachorro late muito, é pq está sofrendo. Aí, a associação toma uma providência por causa do sofrimento do cachorro, não por conta do incômodo que causa ao cidadão.
    Está aí, o cachorro tem muito mais direito do que o vizinho do dois cachorros que se encontram nas extremidades da coleira.

    É isso que virou o mundo.

    Abraços

    Paulo Mayr

  3. Estou também apoiando este movimento para o bem estar dos nossos animais domésticos.Que o homem aprenda a amar e a cuidar dos animais que estão em seu poder e a respeitar os animais encontrados na natureza.
    +++++
    Caro Cícero:

    Legal, eu também sou a favor. Mas sou mais a favor ainda que eu tenha o direito de caminhar pelas ruas sem ter minhas canelas fuçadas por cachorro e não tenha que desviar de merda pelas calçadas. Do jeito que está, os cachorros das duas pontas da coleira têm mais direito do que o cidadão.

    Abraços

    Paulo Mayr

  4. Nossa q coincidência, sabia q tbm não gosto nem um pouco de andar no supermercado e criança bater o carrinho em mim, ou se eu estiver tranquila comendo no shopping e nenê q fica berrando e não me deixa comer em paz, ou no parque qdo sou atropelada por criança em bicicleta, skate, patins, deixem suas crianças brincando em casa, longe do meu convivio, não gosto de crianças, não maltrato, mas não gosto, cada uma q sou obrigada a ler.
    ++++++

    Cláudia:

    Talvez vc quisesse fazer uma ironia.

    No seu lugar, eu tentaria ser presidente da Petrobrás, Ministra de Alguma Pasta, Astronauta, Top Model, ou mesmo dona de Casa. Porque escrevendo e fazendo ironias, você não tem a menor graça.

    Em tempo1, vc não é obrigada a ler nada do que eu escrevo.

    Em tempo 2; menos ainda, fazer comentários.

    Em tempo3. Que sorte eu tenho de você não fazer parte dos Juris que em 2009 e 2010 elegeram o meu blog o 2. Melhor blog do Brasil de Variedades e em 2011, o Melhor Blog do Brasil de Variedades Em todas as ocasiões havia mais de 10.000 inscritos em todas as categorias. Em 2011, só na categoria Variedades, havia mais de 7.500

    Repito, mas que sorte a minha!!!

    Atenciosamente

    Paulo Mayr

  5. Ah, e eu achei graça do que a moça de cima disse sim, viu? Foi muito feliz ironizando seu textinho.
    ++++++

    Legal, Camila

    Assim, a resposta que eu dei para ela serve para esses seus dois comentarizões!!!!

    Atenciosamente

    Paulo Mayr

  6. Ngm é obrigado a gostar de animais meu caro, mas na minha opinião, pessoas que não sabem reconhecer o valor de uma vida (que não seja a sua)não são merecedoras de sua estada na Terra.

    O fato é que os animais possuem o igual direito de compartilhar do mesmo mundo que nós temos, afinal nenhuma vida tem maior relevancia que outra e quem não enxerga isso provavelmente possui caracteristicas predominantemente especistas, egoistas e egocentricas. Vamos combinar que estas não contribuem em nada para a evolução de carater de um individuo.

    Finalizo com uma frase do poeta maravilhoso Renato Russo, que tem tudo a ver com a forma que o tema foi abordado aqui: VAMOS CELEBRAR A ESTUPIDEZ HUMANA!!!

    Ps: Não se iluda. Se vc quer atenção, melhor pendurar uma melancia no pescoço. Dá mais resultado e faz as pessoas rirem!!!Estamos precisando mesmo de mais pessoas felizes no planeta.

    +++++++++++++

    Ana Lúcia:

    Nem vou me dar ao trabalho de digitar.
    Vou copiar e colar o que respondi para a outra.

    Lá vai:

    Em tempo1, vc não é obrigada a ler nada do que eu escrevo.

    Em tempo 2; menos ainda, fazer comentários.

    Em tempo3. Que sorte eu tenho de você não fazer parte dos Juris que em 2009 e 2010 elegeram o meu blog o 2. Melhor blog do Brasil de Variedades e em 2011, o Melhor Blog do Brasil de Variedades Em todas as ocasiões havia mais de 10.000 inscritos em todas as categorias. Em 2011, só na categoria Variedades, havia mais de 7.500

    Repito, mas que sorte a minha!!!

    Quanto à melancia, não preciso dela, eu chamo a atenção pelas minhas qualidades.

    Atenciosamente

    Paulo Mayr

  7. É Paulo, quando criança você deve ter jogado pedra na cruz né, kkkkkk.

    Logo sai um movimento assim: levem seus cachorros para cagar nas calçadas dos outros. O engraçado é que tem donos de cachorros que moram em apartamentos, mas não levam seus cachorros quase humanos para cagar em frente seus predios, mas sim em frente nossas casas, viva a educação moderna…….
    ++++++++++++++

    Caro Júnior:

    Pois é, o mundo virou isso!!!

    E o pior, não sei se vc viu os outros comentários (nesse mesmo post), eu é que levo fama de neurótico. Se vc não leui, leia. Chega a ser engraçado.
    Se quiser ler,
    http://bocanotrombone.ig.com.br/2012/01/21/sem-violencia-contra-os-animais-mas-que-animais-e-donos-respeitem-os-cidadaos/#comments

    Abraços

    Paulo Mayr

    1. Eu li, e achei engraçado e ao mesmo tempo preocupante com a falta de cidadania desse povo.
      +++++++

      Caro Júnior:

      Legal saber que vc, além de leitor assíduo, concorda nesse ponto específico comigo. De maneira alguma quero que quem quer que seja concorde incondicionalmente com o que penso. Agora, ter sua concordância em uma coisa clara, mas que gera polêmica, com os sem cidadania, me deixa muito feliz mesmo!!!

      Grande abraço

      Paulo Mayr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *