Sessão de cinema das cinco para beijar a menina e se safar do rodízio

Belchior, fabuloso letrista, na música Todo Sujo de Batom, dizia querer a sessão de cinema das cinco “para beijar a menina e levar a saudade na camisa toda suja de Batom” (Veja letra e ouça a música http://letras.terra.com.br/belchior/44463/ ).

Prático e infinitamente menos romântico,  eu peço Sessão de cinema das Cinco para os motoristas paulistanos se refugiarem em dias de rodízio. 

Não seria o máximo salas pela cidade  com sessões especias que durassem o tempo do rodízio: das 17 às 20 hs???  As empresas poderiam cobrar ingresso um pouco mais caro para essas sessões especiais de três horas e incrementar a programação de alguma forma: com making off do filme, entrevistas com gente do elenco e da produção,  promover debates; enfim, é botar cabeças para pensar.

Do ponto de vista corporativo, nada mais justo os funcionários saírem mais cedo, já que começaram a ralar antes das sete da matina.

Vantagem adicional igualmente fabulosa:   a sessão seguinte dessas salas  começaria às 20 e teríamos de volta a tradicional e civilizada sessão das 10  a meia noite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *