Celular Tocou, Espetáculo Terminou. Simples Assim!!!

Ouvi hoje no rádio que, durante  bis em  concerto, toca  celular.  O maestro e a orquestra param a música  e se retiram. Pesquisei no site da emissora, mas o link desse áudio ainda não estava disponível.  Salvo imenso engano, ocorreu no Brasil.

Imagine se o celular tocasse durante os primeiros acordes e o procedimento de maestro e orquestra tivesse sido o mesmo!!!

Para evitar problemas, em espetáculos ao vivo, no momento em que passam aquelas instruções de segurança, deveria ser dito mais ou menos o seguinte:

– Se houver alguma pessoa que não possa desligar o celular, ou aparelhos de comunicação, solicitamos que se retire imediatamente da sala.

A explicação continuaria.

– A partir desse momento, se algum aparelho emitir qualquer espécie de ruído que seja e os artistas decidirem suspender  o espetáculo,  a produção,  tampouco os responsáveis pela casa não irão – em hipótese alguma – promover qualquer reembolso, reapresentação do programa  ou substituição de ingresso.

Concluindo o aviso, sugestivo convite:

– Quem se sentir prejudicado que tome as providências junto ao causador do incômodo.

Aliás, em cinema deveria ser feito o mesmo.  Segurança com físico de armário em cada sala faria respeitar a coisa.

Garanto que o problema seria resolvido.  Afinal,  o bolso e o couro são os órgãos mais sensíveis.  Inclusive, e principalmente,  dos búfalos!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *