Neymar, Ronaldinho, Mano e as Insuportáveis Vuvuzelas Barradas no Baile

Gostei de ver quatro  fatos extra-campo de futebol  no jornal de Hoje.

Primeiro Fato

Wagner Ribeiro, procurador de Neymar,    mostrou que conhece português quando explicou que ia falar com o pai do jovem para convencê-los a aceitar a oferta do Chelsea de  vinte milhões de Euros pelo garoto:  “vou mostrar para o jogador, a mãe e o pai dele que o cavalo está passando arriado. Não se sabe quantas vezes o cavalo vai passar arriado para ele montar.”

Aqui inverteu-se tudo. Eu, apaixonado pelo português,  contente de ver um cara do futebol usar tão bem expressão tão própria. Continuando a inversão,  eu, que pouco entendo de futebol,  tendo  a ousadia de discordar do procurador: para um craque como Neymar, nunca vão faltar ótimas ofertas.

O que o procurador precisa  é por na cabeça de Neymar (e todos os procuradores colocarem na cabeça de seus jogadores) que eles estão indo para o exterior para jogar bola e ganhar dinheiro.  Não tem nada que ficar fugindo pro Brasil sem autorização dos diretores, como já aconteceu recentemente e também ou então ficar pelas noitadas tocando samba e pagode.  Jorge Benjor, no começo de uma música, avisa para as meninas do coro: é pra dançar, dançando; é pra cantar, cantando. É isso: vai para o exterior e pra jogar bola e encher a conta bancária de Euros.  Pagode e samba ficam para as férias e para depois que pendurarem a chuteira.  Aí, então, com a eternidade pra ficar batucando o dia inteiro, todos os dias da semana…

Segundo Fato

O prestígio de Ronaldinho Gaúcho junto ao chefe Berlusconi.  Para o poderoso primeiro-ministro e proprietário do Milan,  “Ronaldinho é a maior atração do time, só ele vale o ingresso.  É  o único jogador verdadeiramente inacessível” . E arrematou de forma fulminante: “eu o acho o melhor da História”.

Terceiro Fato

O apoio da Torcida do Timão,  ontem em Goiânia durante o treino,  para o fabuloso técnico Mano Menezes: “fica, fica; você já está na seleção”.  Endosso.

Quarto Fato

O  Arsenal da Inglaterra  emitiu comunicado proibindo vuvuzelas nos jogos do time.  Tottenham também já tomara a mesma providência.

E se todos se empenhassem  por um planeta alegre, feliz,  porém infinitamente  menos barulhento,  não seria fabuloso???

4 pensou em “Neymar, Ronaldinho, Mano e as Insuportáveis Vuvuzelas Barradas no Baile

  1. Sr Paulo Mayr, eh sempre um prazer ler seus posts. Mas nesse, em especifico, ha uma incoerencia enorme e de facil vizualizacao. Se vc sugere um planeta alegre, mas menos barulhento, como algo ideal, entao assim seu blog jamais poderia se chamar “Boca no Trombone”. Correto??hahahahah abracos, e desculpas pela falta de acentos, que pode ser justificada pelo fato de o meu teclado nao ter as devidas teclas.
    ++++++++++

    Prezado Joel:

    É ótimo receber um elogio de pessoa bem humorada e divertida como você. Agradeço o comentário.
    Abraços
    Paulo Mayr

  2. Caro Jornalista PAULO MAYR!!!

    È sempre bom e salutar escrever neste maravilhoso blog”BOCANOTROMBONE” e comentar seus mais brilhantes posts, e ficar por dentro dos problemas da cidade de São Paulo e notícias de todo o Brasil e mundo.
    Você deu um bom conselho aos procuradores dos jogadores de futebol do Brasil e aproveitou para elogiar o português do procurador do jogador Neymar,não é todo dia que a gente recebe e da elogios,portanto queria hoje te parabenizar por tudo de bom que você é e sempre foi para nós internautas deste seu importante blog.
    Parabéns, e continue sempre assim,na luta e acreditando que o caminho e vencer obstaculos e oferecer sempre novidades de qualidade aos seus clientes,que somos nós internaultas do seu blog.Nós que muitas vezes somos chatos e sem querer ofendemos você nos comentários desnecessários sem valor nenhum e esquecemos que do outro lado temos uma pessoa de luta que só quer colaborar para resolver os grandes problemas do nosso cotidiano.
    È hora de elogios e não de criticas.Parabéns aqueles que faz mais elogios do que criticas.
    ++++++++
    Caro Cícero:

    Obrigado pelo apoio de sempre.
    Grande abraço
    Paulo Mayr

  3. Agora com o Mano na Seleção os passes dos corintianos vão valorizar. O Mano não pediu para sair como fizera o Muricy. O Mano comunicou. Bom para o Mano, bom para o Corínthians.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *