Parada Gay, Historinha Engraçada

Ano passado, às vésperas da parada Gay publiquei aqui uma história divertida que me aconteceu .  Como rir é coisa saudável, publico novamente.  Em tempo, vou depois de amanhã com minha namorada.  A seguir, a história:

*******************************************

Parada Gay, poucos anos atrás. Desde a primeira, fui a algumas edições. Som legal, muita alegria e, além de tudo, não custa nada prestigiar. Lembro-me quando queriam bater o récorde mundial de público. Além do som, havia a meta a ser cumprida. Fui até mais para fazer número e ajudar no récorde, que acabou mesmo sendo batido.

Pois bem, em uma das vezes, de dentro do carro, perto da Rua Cubatão, onde, segundo meus cálculos, deveria estar a marcha naquele momento, pergunto para um grupo de gays que vinha caminhando se o pessoal ainda permanecia pelas redondezas. Eles me informam que a marcha já devia ter chegado ao ponto final, na República, onde seriam encerrados os festejos.

Pensando em voz alta, lastimo. Um deles consola:

– Não desiste não. Corre lá, quem sabe cê ainda não arranja um namoradinho!!!

Divertindo-me muito, nos dias seguintes, contei para todo mundo o episódio.

Embora pouco esteja ligando para o que pensem ou não pensem de mim, por via das dúvidas, na parada de domingo, vou, como já disse na abertura, junto com a minha namorada.

35 pensou em “Parada Gay, Historinha Engraçada

  1. POR QUE VOCÊS JORNALISTAS PRESTIGIAM ESSE EVENTO CHULO?
    MORO PERTO DA CONSOLAÇÃO E VOCÊS DEVERIAM VIR AQUI CONSTATAR QUE ESSE PESSOALZINHO QUE VOCES PRESTIGIAM, DEFECAM E URINAM NA ENTRADA DO MEU PRÉDIO SEM A MENOR CERIMONIA. ISSO, QUANDO NÃO FORNICAM.

  2. POR QUE VOCÊS DIZEM QUE NÃO TEM NENHUM COMENTÁRIO, SE JÁ FIZ TRES?
    VOCES SÃO A FAVOR DA CENSURA????
    Azambuja:

    Estão aí os seus três comentários devidamente publicados.
    Espero que não importunem você no domingão.
    Boa sorte.
    Abraços
    Paulo

  3. Nunca fui. Mas assim que minha filha for maior (hoje ela tem apenas 6 anos, ou seja, quero evitar perguntas que não saberei como responder) e puder ela mesma entender que a parada gay se trata de uma quase “Ode à diferença”, iremos todos como uma grande família.
    Sobre o azambuja (ou devo chamá-lo de “boca suja”?), devo apenas lembrá-lo de duas coisas:
    1 – lembre-se do mandamento: “não julgarás”
    2 – o ato de poucos não pode servir de representação para toda uma população.
    Entendo seu dissabor com o ocorrido, mas isto poderia acontecer se fosse uma passeata hetero também!!

  4. Escreve-se “cálculos” e não “cáulculos”. ( primeira linha do segundo parágrafo)

    Erro de digitação.
    Obrigado por me avisar.
    Grande abraço
    Paulo Mayr

  5. Paulo obrigado por nos prestigiar, moro no interior e concordo com vc gente bonita e animada, é mesmo bem divertido, espero ve-lo por lá!!!
    Agora sobre a sujeira, concordo com o nosso colega aí de cima, é demais, esse pessoal porcalhão deveria ser multado!!!
    Agora pior que urinar na frente da casa dos outros, é roubar matar, estuprar, e não venha me dizer sr. Azambuja que são os gays que fazem isso?Ou são?
    Obrigada Paulo pelo espaço!!

  6. A parada gay é uma festa ludica e necessária para todos nos
    deste maravilhoso BRASIL. A mistura das raças de norte a sul e
    de leste a oeste, faz com que haja democracia entre as pessoas
    e respeito mutuo.Cada um de nós,através de nossas familias nascemos com um don para dia a dia da vida.Ninguém é perfeito e desfilar na parada gay, é uma decisão de cada um que
    resolvi ir até a parada.Eu particularmente nunca fui, mas poderei
    ir futuramente e me comportarei da melhor maneira possivel para
    que o evento e a festa se transcorra da melhor maneira possivel
    e viva todos os participantes que neste domingo estarão na rua
    alegre e felizes participando desta maravilhosa festa……
    Caro Cícero:

    É isso aí. Vc sim sabe na teoria e prática o que é democracia.
    Parabéns!!!
    Grande abraço
    Paulo Mayr

  7. Eu fui na segunda e na terceira edição da Parada. Depois disso, não fui mais, porque meus ex-namorados não gostavam. Quando comentei com uma amiga sobre domingo, ela me arrumou logo uma turma com quem ir. Estou solteira. É muita alegria, boa música, diversão. E isso basta!
    bjs!

  8. ñ adianta fugir da realidade, vivamos o dia de hoje.
    ñ sou o q pensam mas aprovo o desfile,cada um n sua…

    É isso mesmo!!! E ninguém tem nada que pensar sobre vc pq vc manifestou sua opinião democrática.
    Grande abraço
    Paulo Mayr

  9. Fui em apenas uma edição da Parada Gay, isso no Largo do Arroche. Achei muito divertida e se tivesse oportunidade prestigiaria todos os anos. Só lamento, que algumas pessoas se alteram e acabam brigando ao inves de se divertirem. Acho que quem não sabe se divertir deveria jamais sair de casa.

  10. VAI, vai com a namorada, assim ela encontra uma amiga por lá e você um de seus amigos de sempre!
    Vou com a namorada. Aliás, ela é minha namorada enquanto eu e ela quisermos.
    Democracia é isso!!!
    Abraços
    Paulo Mayr

  11. Azambuja? Calma a maquina é perfeita mais nem sempre funciona! PÕ! Cara o negócio é vc levitar e andar c/ um pegador de roupa nas narinas. PÕ meu pegue leve? Fedor rima c/ amor.

  12. Lastima. Marcha para a maconha, marcha para a promiscuidade… marcha para tudo quanto denigre a pessoa humana. So nao tem marcha para o aposentado, marcha para o casal homem e mulher unidos pelo amor, marcha pelo bom filho, marcha pela politica honesta.

  13. Se todas as pessoas soubessem respeitar as diferenças, movimentos como a parada gay e a marcha da maconha não seriam vítimas do preconceito.

  14. Muito bom artigo querido!!rssssss
    Capaz de nos encontrarmos lá hein?hehe
    Fico imensamente feliz de saber que vc vai a parada para prestigiar o movimento, há muito tempo estamos na luta por coisas muitos simples, como nossos direitos de se defender diante da lei e poder constituir uma família com amor e dignidade!
    Contamos com a compreensão de pessoas como vc, que age de forma neutra e nos respeita acima de qq suspeita!
    Sou Annete, 23 anos, Lésbica e muito feliz por ter nascido desse jeitinho torto!!rsss 😉

    Grande Beijo
    Te vejo lá

    Anete:
    Legal cê ter gostado. Obrigado pelos elogios. Escrevo sempre de acordo com minha consciência.
    Espero que todo mundo se divirta amanhã.
    Beijos
    Paulo

  15. Não sou a favor da parada gay porque infelizmente de alguns anos para cá deixou de ser um evento sério e passou a ser apenas uma festa de carnaval fora de éopca . E nem dos travestís que se prostituem , pois não sou a favor de prostituição ( também não sou contra , isso não é problema meu , cada um faz com o seu corpo o que quiser ) . Mas , e vc que comentou antes de mim ? Vai ser preconceituoso no inferno – em pleno século 21 e Terceiro Milênio ainda existe preconceito ? . Vê casos isolados ( esses que defecam em público ) e generaliza ??? Sujeira , fornicação , prostituição e essas coisas aí , eu já ví muitos Heteros fazerem as mesmas coisas ou piores , em eventos como o Carnaval , e ninguém fala nada , ninguém critica . Ao invés de perder tempo criticando o carnaval dos gays , vai criticar a corrupção , esses políticos corruptos , a violência : sequestradores , assaltantes , estupradores , pedófilos , etc , são esses que tem que ser criticados e condenados .

  16. Só mais uma coisa ( não vou dizer muito porque não quero nenhum crente reclamando de mim ) : A Marcha Para Jesus é outro evento que também só atrapalha a vida dos outros . Áaah , e tem uma Igreja Evangélica próximno de minha casa ( não vou citar o nome ) pelo amor de Deus é uma barulheira e gritaria durante os cultos ( ainda bem que os cultos deles é só 3 vezes por semana e tem poucas pessoas lá ) . Pelo amor de Deus , não precisa gritar , Deus não é surdo . ( e ninguém nunca criticou esses Evangélicos ??? ) .
    Tem mais uma coisa sobre a Marcha Para Jesus , duas aliás , mas que prefiro não falar , pra nenhum crente vir me acusar de preconceito e nem nada disso . Uma delas eu não falo porque eu não sei se aquilo realmente eram os crentes , ou se eram vagabundos infiltrados no meio ( aconteceu quando a Marcha ainda não era na Avenida Paulista ) , e o outro fato , esse daí todos já viram nos Jornais , nem preciso falar . É sobre aquela Igreja que o teto desabou sobre as pessoas e que os Bispos usam a Bíblia como carteira de dinheiro vindo sabe lá Deus de onde ( provavelmente dos dízimos ) . Melhor nem falar nada ,já falei demais .

  17. Oi, olha sou mulher, e não sou gay, mas eu os admiro, publicar suas historias, ou falar da parada gay, não é prestigiar, e sim dar um apoio, aos menos favorecido, pois são tão descriminados.Nunca souber que no evento deles,houvesse crime ou violencia, quanto ao defecarem ou urinarem em lugares públicos, não é de exclusividade dos Gays, qualquer evento, seja gay, evagélicos, católicos, existem os maus educados, é apenas uma quentão de cultura, e julgar não cabe a nós pobres mortais, pois quem é perfeito? Bjs

  18. Pior que esta reportagem so a que fala do vagabundo,ladrão,
    parasita, que li anteriormente das prostitutas do senado
    do nosso pobre ,roubado e humilhado Brasil.

  19. Uma multidão de milhões de pessoas não pode ser julgada e condenada pelo comportamento de alguns. Se alguns participantes da Parada têm comportamento indesejáveis, isso não significa que por causa disso o evento deva ser recriminado. Em todo grande evento acontecem coisas assim.

  20. Adorei esta publicação…achei mto divertida de ler…qtas coisas engraçadas ja não passamos e nem por isso fomos censurados. Parabéns Paulo pela publicação, e pode ter certeza dia 14 estarei lah tb, para me divertir junto com eles.

    Beijos

  21. E você sabia que o que já aconteceu no seu prédio, já aconteceu ao meu durante a festa de fim de ano, na passeata para Cristo, nos eventos da CUT. Ou seja, isso, não é esse pessoalzinho da Parada que faz isso, mas um ser humano sem educação, em qq evento.
    ****
    Prezado Luís:

    Muito bom o seu exemplo e, principalmente, sua explicação/causa que vc encontrou: o problema é o nego/nega sem educação: Parabéns!!!

    ABraços

    Paulo Mayr

  22. Pessoal, vamos nos preocupar com a reeleição do ditador do Irã, com a fome, com a desigualdade, com a depressão..pra ser feliz não existe regras. Abs a todos.

  23. Respondendo aos comentários do Zé Ninguém : Não participo da Marcha Gay porque ( como alguém disse nos comentários ) é só uma festa de carnaval fora de época , não participo da Marcha da Maconha porque não sou a favor , não participo da Marcha pra Promiscuidade porque não sou promíscuo , e essa Marcha não existe porque não existe lei que proiba a promiscuidade e portanto eles não precisam sair pelas ruas defendendo os seus direitos . E a Marcha Para Jesus ??? Isso daí não denigre as pessoas ??? Estamos numa democracia , vc querendo ou não cada um defende a causa que quiser , ou pratica a sua religião , mesmo que as demais pessoas não gostem ou não concordem . Os aposentados tem o Estatudo do Idoso , INSS e outras leis , não precisam de Marcha , basta saber como cobrar que os seus direitos sejam respeitados , os Heteros também já tem os seus direitos reconhecidos por leis , portanto não precisam de Marcha , e Homossexualidade não é só sexo não , também existe amor entre pessoas do mesmo sexo , existem casais gays e lésbicas unidos pelo amor , só falta legalizar a união civil de pessoas do mesmo sexo , e se os Heteros são respeitados e tem os seus direitos , nós também queremos ser respeitados e ter nossos direitos , Marcha para o bom Filho não é necessário , basta os pais saberem educar e também a sociedade reconhecer e valorizar o bom filho , e Marcha pela Política Honesta : Não sou desonesto , e também : vontade não me falta de fazer essa Marcha , o que me falta são : Tempo , pois eu não tenho tenho pra participar de Marcha nenhuma , eu tenho que trabalhar e estudar , e também pessoas interessadas em organizar e participar , porque não adianta nada uma Marcha com uma pessoa só . ps : e a Marcha contra o racismo , contra a fome , o desemprego , etc ? ninguém pensou nessas ainda ???

  24. Pois é….eu não fui á Parada Gay, apenas pelo motivo que tenho uma fobia incontrolável ao acúmulo de pessoas. Me solta num sábado de manhã na 25 de Março, que vão ter que chamar o resgate.
    Mas acho uma gracinha! Como disse alguém aí em cima: um carnaval fora de época. Figuras tão fantásticas, altas produções….imagine quanto tempo eles gastam criando, montado, se maquiando….e lá vão eles: cheios de glamour!

    Alguns são chiques, outros bizarros e outros fazem a linha bombados. Mas todos, todos…estão sempre rindo, brincando, fazendo da avenida a mais radiante passarela.

    Mas, como é se de esperar, existem pessoas que se incomodam e muito com a alegria alheia. Evidente que não precisa ser nenhum PHD em comportamento humano para se deduzir que esta pessoa infelizmente deve ter uma vida muito infeliz. E ao invés de se recolherem á sua paranóia, e dar vazão á sua psicopatia com umas boas chicotadas em si mesmos ( seguidores da Opus Dei dizem que é uma terapia fantástica), sem se esquecer, lógico, dos preguinhos na ponta do chicote…..estes seres resolvem ir á Parada Gay. Acredito que naquele dia o chicote devia estar na manutenção e o sujeito levanta de manhã e diz para si mesmo: Ah! Hoje não tenho nada para fazer, acho que vou até aquele desfile dar umas porradas nuns viados. E o pior é que vai mesmo.

    E acaba no que se acabou, pessoas feridas e um rapaz morto. Morreu somente porque estava no caminho de pessoas que deixaram as alegrias da vida do lado de fora de suas almas. Morreu apenas porque é seu direito humano optar por sua tendencia sexual. Morreu porque não era macho, porque macho dá porrada até matar.

    Muito triste isso. Sempre tive amigos gays e para quem não sabe, vou contar um segredo: eles são iguazinhos á qualquer outra pessoa! Dá prá acreditar???? Tem cérebro, pulmão, coração….fazem xixi, cocô…..até choram! Impressionante!

    O que? Não entendi….Ah! Eles gostam de dar o….o….fiofózinho, é isso? Pois olha que tem muita gente por aí, que fala grosso, se arrebenta nas academias, só sai com o pit-bull do lado, mas na calada da noite é o primeiro a vestir o baby-doll. E não são poucos não! Na verdade, em vez do pit-bull eles deviam comprar um gatinho, afinal o bichano tem sete vidas e eles iam ficar bem ocupados cuidando delas todas e deixassem os outros bem mais tranquilos.

  25. Bom amigos fui para parada gay este ano em São Paulo conhecer o movimento, claro que como todo cidadão consciente fiz uma pesquisa geral do movimento, da história e da paradas anterios, vi coisas desagradaveis e conheci historias importantes para o meu conhecimento, enfim domigo dia 14 chegou, e la estava eu na parada gay, naquele dia ensolarado muita gente e um carnaval fora de época (me desculpem o termo), mas era uma putaria geral, uma falta de respeito, homens mijando no meio da avenida sem nenhum pudor, pessoas peladas, roubos frequentes, pessoas me cantando, agarrando sem nem me conhecer sem dizer os que tentavam beijar, brigas, e um protestante dizendo vamos assinar o abaixo assinado e se ouvia da multidão ”cala a boca e solta o som”, um movimento que gira o comercio da cidade de São Paulo, uma vergonha, no movimento tinha divulgações de saude, dst, preservação sexual, movimentos paralelos e a maioria nem sequer se interessava.

    Bom pessoal esta foi a minha primeira e ultima parada gay em São Paulo, uma decepção em relação ao movimento e os participantes e se continuar assim a imagem da classe gay vai ser sempre suja e imoral, por isto estou fora deste movimento por que quero respeito. Sinto vergonha em ter compactuado com este movimento no ano de 2009.

    Junior snack

  26. Eu só queria lembrar ao Junior Snack , que essas também acontecem no Carnaval . e quanto a tudo isso que você e os outros disseram , exatamente por isso eu não participo e muitos gays e lésbicas que participavam deixaram de participar : o que deveria ser algo sério virou esse caos ai . Felizmente nem todos são assim , alguns gays e lésbicas são civilizados .

    Só mais uma coisa : cantar uma pessoa sem nem ao menos saber a orientação sexual da pessoa , sem pelo menos perguntar antes , isso é uma tremenda falta de respeito .

    E quanto ao que a Vera Abdalla disse : pois é : realmente existem muitos assim : que fazem pose de machão , mas na verdade não são nada disso , não tem coragem de assumir .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *