Emails Domínio Público e Frutinhas Tricolores

Amiga minha, antes de me dar o endereço de email, deixou bem claro as condições dela:

– Paulo, cinco pessoas têm meu email.  Você vai ser o sexto.  Pois bem,  se você quiser escrever que me adora, ótimo; se escrever que está louco da vida comigo, perfeito.  Mas nunca, em hipótese alguma mesmo, me repasse qualquer tipo de piadinhas, correntes e outras bobagens impessoais “internáuticas” !!!

Perfeita observação.   Era amigo de um casal.  Todos os dias, ao chegar no escritório, havia uns 10 emails dele e outros tantos da mulher.  Não que fosse tudo um lixo, mas tô  no escritório não é pra ficar vendo slides de pregações e piadinhas que querem derrubar o presidente da república. Nossa amizade estremeceu.  Mas o lado bom é que minha caixa de correio ficou bem mais leve desde então.  UFA!!!

Toda regra tem exceção.  Colo abaixo o email que recebi:

A Bauduco acabou de passar o comunicado oficial que não terá Panetone esse ano ,  só Chocotone.
Motivo: 70 mil frutinhas murcharam no Morumbí no último Domingo.

Meu campeonato já acabou.  Meu time  foi o campeão – Corinthians.  Sei que o Grêmio tem “remotíssississimas” chances de fazer murcharem de vez as Frutinhas no Domingo.  Mas,  Gremistas,  minha torcida é toda de vocês.  

Não repito o chavão, por detestar chavões e tenho até uma frase respeito do chavão específico – lá vai a frase, jamais o chavão:

Usar expressão desde criancinha é só para quem já virou… (um) crianção.

Mas reitero:  “Vamô lá, Grêmião!!!”

5 pensou em “Emails Domínio Público e Frutinhas Tricolores

  1. Com 52 anos, deve se lembrar do saudoso Golias: “Pó coçá.” Mas ainda não se atualizou. Já passou da moda gozar os tricolores com esse mote. Sendo corintiano com 52 anos,deve se lembrar também que foi no timão que surgiu um caso muito falado nos anos 70 sobre dois famosos jogadores (um zagueiro e um atacante)… Bem, você deve se lembrar. Com 52 anos, deve tomar cuidado, pois o movimento gay está cada vez mais forte e logo vai ser obrigatório ser gay. Já estão ensinando nas escolas, com total apoio do seu partido. Ainda dá tempo de você militar nessas hostes.
    *********
    Prezado Arthur:

    Não sou ligado em moda. Não vou discutir qual time está melhor pq é óbvio.
    Quanto a comportamento preconceituoso, puxando a brasa para minha sardinha, veja lá quem é preconceituoso no texto que publiquei aqui mesmo nesse mesmo blog.
    http://bocanotrombone.ig.com.br/2008/03/06/richarlyson-preconceito-absurdo/

    Se quiser, responda.
    Abraços
    Paulo Mayr

  2. Paulo Mayr: Confesso que é a primeira vez que leio seu blog. Fui ao post anterior citado e vi o seguinte: No primeio parágrafo você cita um fato, que imagino tenha ocorrido como você narra. No parágafo seguinte você diz que não tem nada contra o Palmeiras; já são-paulinos e santistas… As reticências sugerem que você tem tudo contra eles ou pelo menos alguma coisa, embora não diga o quê. No terceiro parágrafo você diz: “Fazia certa restrição aos são-paulinos pó-de-arroz que conheço.Desse jeito vou ser obrigado a dar mais abrangência ao meu sentimento restritivo”. Entendo que você não fazia restrição aos são-paulinos não pó-de-arroz, só passando a fazê-lo no momento em que eles manifestaram preconceito contra Richarlyson. Como o seu post já é preconceituoso (ao chamar de frutinhas os são-paulinos, sem fazer distinção, ou seja, jogadores e torcedores) parece que só você tem o direito de ser preconceituoso. Que torcedores da geral partam para essas gozações bobas dá para entender. Mas acho estranho que um jornalista que se orgulha de ter se formado na USP há trinta anos resolva transitar nesse terreno pantanoso.
    ******************

    Arthur:
    Em primeiro lugar, parabéns pelo título. Não vi o jogo, mas parece que o resultado está sendo questionado.

    Veja os outros comentários. São meus conhecidos, está certo. Mas ninguém concordou com você.

    Reitero, prova de preconceito absurdo e horroroso deu a torcida do S. Paulo. Colo o texto que escrevi a respeito na época. Assim, quem quiser ler que leia e opine: preconceituoso sou eu ou a torcida do S. Paulo???

    Se quisrem fazer uma eleição aqui no Boca no Trombone, sirvam-se do Trombone!!!

    06/03/2008 – 11:30

    RICHARLYSON – PRECONCEITO ABSURDO
    A torcida do São Paulo, antes do começo do jogo de ontem contra o Audax, saudou os jogadores do time gritando o nome de cada um deles – do goleiro ao ponta esquerda. Segundo ouvi na Rádio hoje de manhã, Richarlyson não teve seu nome mencionado porque seria homossexual. No post COMO NASCEU O PORCO, em que falo do apelido do Palmeiras, concluo:

    Em tempo, sou corinthiano, mas não tenho nada contra o Palmeiras. Já São Paulo, Santos…são paulinos, santistas….

    Fazia certa restrição aos sãopaulinos pó de arroz que conheço. Desse jeito vou ser obrigado a dar mais abrangência ao meu sentimento restritivo…

  3. Paulinho, gostei muito do seu texto, rsrs
    Achei engraçada essa piadinha, por isso repassei…
    O Boby detestou!! rsrs ele é São Paulino, rsrs
    Mas com todo bom humor que ele tem, conseguiu achar a piada inteligente!!
    É isso aí! Creio que a vida esteja séria demais!!
    Precisamos de piadas inteligentes pra que possaamos aliviar as tensões.
    Ps. Lembrando que somente as pessoas inteligentes conseguem compreender o humor de piadas inteligentes!!!
    Bjks Paulinho e até o próximo Sopa!!!!
    *************
    Tyta: Inteligência e humor são fundamentais; humor inteligente é imprescindível.

    Valeu.

  4. Bom, começando dizendo que infelizmente “nossa” torcida não foi suficiente e, apesar do Grêmio fazer sua parte e o juiz também no jogo dos “Bambis”, “Bambis” sim e porque não? Preconceito? Pode até ser, assim como todo Corinthiano é pobre, preto e bandido. Eu sou Corinthiano e não sou bandido, sou branquelo, mas poderia ser de qualquer outra cor sem problema e pobre posso até ser no bolso, mas no que importa, que vai além desta questão e, parafraseando Toquinho, de ser ou não ser o primeiro, que é o coração, a alma, o cárater, tenho uma imensa riqueza.
    Paramos também com tanto ranço, porque alguém se formou na Usp, é preciso que mantenha uma postura séria, imparcial e cheia de formalidades? É preciso gozar também, é preciso provocar, questionar e conservar uma criancinha tão em falta neste mundo cheio de poses e modismo. Aliás, modismo que faz com que muita gente desinteressada por futebol vire são paulino. Estou com o Paulo em suas observações, provocações e sim coerência. Porque vejo coerência naquilo que ele escreve. Conheço o persona e posso dizer que de preconceito ele nada tem, e se ainda mantém algum como a maioria de nós, por conta da moral e cívica ao qual fomos educados, está no caminho da expansão.
    De qualquer forma Paulo, prefiro Chocotone mesmo! E viva o Coringão, que é o time que realmente mobiliza essa cidade e dá gosto de ver a festa que sua torcida faz. Abraço a todos

    Caro Pedro:

    Concordo. Leia o meu Post do Richarlyson. Leia e vote.
    Obrigado pela força.
    Abraços

    Paulo Mayr

  5. Gostei da concisão do português. Foi lá e pediu.
    Quanto a falar de futebol – remotamente, no meu caso – só o ano que vem…se é que deu prá entender !
    Abrçs, Lupe.
    Caro Lupe:

    Você sempre gentil e dando uma força para os meus posts.
    Valeu.
    Paulo Mayr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *