Mino Carta responde sobre sua Olivetti

Mino Carta publicou no Blog dele, também aqui no Ig, simpática resposta ao meu texto Carta para Mino Carta e sua Olivetti. Colo abaixo a resposta do famoso jornalista. Quem quiser, pode ler direto. Para quem preferir ler primeiro o que eu escrevi e depois a resposta dele deixo o link do meu post

http://z001.ig.com.br/ig/40/19/1010195/blig/bocanotrombone77/2008_01.html#post_19037299

Abaixo, o texto do Mino.

08/01/2008 18:59

Não vou abandonar a Olivetti

O simpaticíssimo Paulo Mayr envia uma carta “para Mino Carta e sua Olivetti”. Resumo a deliciosa missiva. Sugere que eu aposente de vez a minha máquina de escrever para render-me aos encantos de um computador Pentium 4. Garante que não sentirei falta da minha fiel companheira, enquanto ganharia muito, em tempo e qualidade, caso usasse “esta maravilha acessível a praticamente todas as pessoas do século 21”. Não é que Paulo desgoste da Olivetti, pelo contrário, até hoje ama a sua velha Remington, presente do seu pai quando tinha apenas três anos. Mas se recusa a entender que um cidadão contemporâneo dispense os favores oferecidos pela tecnologia mais atual e vencedora. Ocorre, meu caro Paulo, que não sou do século 21. Se tanto, sou do 20, com leves, porém freqüentes, recaídas no 19. Não há como alterar o destino, a determinação inenarrável dos fados gregos. Luz elétrica, rádio, televisão, telefone e válvula hydra são o meu limite. Ignorei a secretária eletrônica e o fax, nos tempos idos. Temo o computador, e sua bocarra pronta a me engolir. Na minha visão, centenas de milhões de seres humanos já foram mastigados e deglutidos. Estou errado? É possível, é provável. Fui, no entanto, em eras priscas, operado das amídalas e em tempos mais recentes, disseram-me que deveria tê-las conservado, sentinelas da garganta. De todo modo, um abraço mediterrâneo.
enviada por mino
(comentar | 33 comentários) | (envie esta mensagem) | (link do post)

3 comentários sobre “Mino Carta responde sobre sua Olivetti

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *