NOVO SANTO E DIA DE 24 HORAS E MEIA

De 02.07.07

A primeira história é uma piadinha de domínio público. A segunda, verídica.

Participante de uma assembléia de condôminos pede a palavra e propõe:

– Presidente, precisamos suspender a sessão porque já são meio-dia e todo mundo quer ir almoçar.

O apoio do plenário foi total, vários reforçaram:

– É isso mesmo, são meio-dia e precisamos suspender a sessão.

Irônico, o presidente decreta:

– Em homenagem ao Novo Santo, está suspensa a Sessão!!!!!!!!!!!!!!

********************************

Na fachada lateral do prédio da Secretária (acho que Municipal) da Cultura de S. Paulo, na Rua da Consolação, bem próximo ao Belas Artes, havia, muitos anos atrás, imenso Out-door – da própria Secretaria – onde se lia:

Secretaria da Cultura – Livraria Cláudio Abramo aberta diariamente das 9,00 hs às 24:30 hs.

Meus amigos e eu nos divertíamos na época comentando que alguém precisava informar urgentemente a Secretaria da Cultura de que o dia tem apenas 24 horas e não 24 horas e mais trinta minutos.

Como foi dito, a primeira história é piadinha, já a segunda é verídica – e de chorar!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *