Arquivo da tag: Facebook

Indigesto!

Sou cheio de idiossincrasias, sobretudo em relação  ao idioma português.  Odeio terminhos da moda.   O dia em que eu falar/escrever Face, e não Facebook,  lacrem minha boca, ou travem o teclado do meu computador, por dois dias .

Pois bem, outro dia,  uma nova rica, ou melhor,  uma que pôs a (como direi ?) xoxota/ piriquita a juros, disse em mesa próxima à  em que eu estava  ( e falou alto, caso contrário não teria escutado):

-Estacionei o meu jet!

Meu Jet?!  (ela se referia a  jet ski).

Nova-rica + terminho da moda, eta combinação indigesta!

Quiser ler mais sobre terminhos da moda, clique aqui

Professor?

Respeito todas as categorias, sobretudo professores.  Mas veja o que postou um professor no  Facebook.

“Me sinto cansado. Derrotado mesmo. Quando abracei a carreira de professor, a 50 anos atrás, via uma luz no fim do túnel. Hoje, aposentado, eu sei que, na educação brasileira, a luz no fim do túnel é um trem. Triste Brasil.”

Começar a manifestação com pronome do caso oblíquo (me),  sem maiores problemas;  agora,  a 50 anos.  A 50 anos, ao invés de há cinquenta, é muito grave.  Para professor, então, nem se fale.

Aí ele poderia escolher:

  • Há cinquenta anos
  • Cinquenta anos atrás

Talvez ele quisesse reforçar mesmo que fazia cinquenta anos, então, tuchou   o Há (no caso dele, a)  e o atrás.

“A Luz no fim do Túnel é um trem”.   Mas, que chavão babaca!  Aliás, abracei  a carreira…

Agora, tenho que concordar com ele, em relação ao último período:  Triste Brasil.  Triste Brasil, onde, em tão poucas linhas,  um professor comete tantos erros absurdos!

Havia um Quadro no Programa CQC, Top Five, em que eram apontadas cinco gafes da TV na Semana.  O Slogan do Quadro era algo como  “Programa ao Vivo é a casa do Capeta”.  Facebook vem se tornando a casa dos  Diabos Analfabetos, inclusive professores.

Sem Tempo para Escovar os Dentes

Garanto que você conhece pelo menos uma pessoa assim: inteligente, simpática, preparada e com um monte de outros predicados.  Porém, e sempre tem um porém, como dizia Plínio Marcos, a sensação que passa é que fica o dia inteiro postando coisas no Facebook.  A sensação que passa 2, parodiando famosa atriz*,  é de que  essa pessoa não  tem tempo, sequer, para escovar os dentes.

*  A atriz disse: seu eu tivesse, de fato,  transado  com todo mundo que dizem que eu transei, eu não teria tempo sequer de escovar os dentes.

Cá entre nós, o motivo da atriz era bem mais palpitante!!!

24 Horas por Dia no Facebook

Facebook de conhecido meu indicava que ele estava ligado/conectado.

Postei uma brincadeira, perguntando se hoje ele não anunciaria detalhe da vida de alguma celebridade.

Ele respondeu.  Imagina o que ele respondeu.

Imaginou???

Ele respondeu:

– Estou dormindo agora.

Ou bem o cara dorme, ou bem ele fica no facebook, mas dormir com facebook, ou facebookear dormindo, nunca havia visto ou ouvido contar.

Vivendo e aprendendo…

 

Perdi Texto Para Não Perder Amigos

Algumas amizades se desfizeram por conta da eleição Dilma/ Aécio.

Pois bem, gostaria de postar  texto aqui sobre o Facebook, não sobre  a invenção do Mark Zuckerberg,  mas considerações  paralelas acerca de seus usuários.

Mas não vou escrever coisa alguma.  Escapei do duelo Dilma/Aécio sem fazer inimizades, não é agora que vou querer arranjar confusão.

Uma pena, porque seria bem interessante.  Tem gente que perde amigo, mas não perde a piada.  Eu prefiro perder o texto.

Azar dos leitores.  E,  sobretudo,  azar meu, porque adoro escrever esse tipo de comentário.

Felicidade Atual está na Ponta dos Dedões (Polegares)!!!

Arquimedes, filósofo grego que viveu antes de Cristo (287 a.c e 212 a.c), disse:

“Dá-me uma alavanca e um ponto de apoio e levantarei o mundo”.

A impressão que tenho, andando pela rua e convivendo com as pessoas,  é que elas já atingiram a felicidade/ “plenitude absoluta” e poderiam expressar isso  assim:

“Senhor, já me destes Iphone, Ipod* , Facebook, Whats App; com isto, levastes minha felicidade ao grau supremo/absoluto”.

Falar com todo mundo a qualquer instante,  mandar mensagem escrita, compartilhar passaram a ser a principal razão de viver de muitos (as).  E eles (as)  se acham geniais quanto mais  conseguem vender  imagem inteligente de si próprios (as) nas tais de redes sociais.  O  simples compartilhar já os  satisfaz em demasia e até mesmo a etapa anterior – ler o que foi compartilhado.

Felizmente, dentro dessa aí, tô fora!!!!

++++++++++++++++++

* Em Tempo, Ipod – eu chamo de Aifode!!!  Injustiça minha com o pobre do Ipod, porque tudo isso, sendo usado com a obsessão que se utiliza hoje,  não deixa  possibilidade de as pessoas  conversarem pessoalmente e se satisfazerem apenas com quem está presente.  Todo mundo necessita de todo mundo o tempo todo.

O inferno deve ser bem menos aflitivo!!!